sexta-feira, outubro 30, 2020

Edvaldo sobre a Fênix e o Avancard: “estão traficando com os dados sigilosos dos servidores”

 

Por Assessoria

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) voltou a falar do assédio cometido pelo cartão Avancard aos servidores do Estado. Ele comentou também sobre a ‘burla’ à lei aprovada na Aleac com a introdução de um decreto, que cria uma margem extra para além dos 35%, estabelecidos pela Aleac e sancionados pelo governador Gladson Cameli.

Ele mencionou que nem mesmo o vice-governador Major Rocha (PSL) tem se livrado do assédio do Avancard, com mensagens diárias convidativas à realização de transações financeiras. Edvaldo destacou que há um tráfico de dados sigilosos da Fênix Soft para a Prover Promoções, a detentora do Avancard.

“Até o vice-governador está recebendo o assédio do cartão Avancard. Estamos diante de um contrabando jurídico no decreto, de um tráfico de dados dos servidores públicos para o cartão Avancard. Um irmão é dono da Fênix, o outro do cartão Avancard. Estão traficando com os dados sigilosos e isso não pode permanecer”, disse o parlamentar.

E acrescentou: “a Fênix pegou todo o banco de dados e contrabandeou para o cartão Avancard e esse cartão que é que está ligando para os servidores. Esse é o escândalo, essa é a fraude. Cadê o Procon? Cadê uma ação coletiva por parte da Defensoria Púbica, que fez uma recomendação pra que eles parassem de enviar mensagens a partir daquela nossa audiência pública?. De lá para cá só aumentou”.

Ao final da fala de Edvaldo Magalhães, o secretário de Planejamento e gestão, Ricardo Brandão, enviou ao parlamentar um extrato bancário referentes a dois meses, ou seja, agosto e setembro. São R$ 200 mil. Em resposta ao secretário, Edvaldo pediu que os dados fossem atualizados na Transparência do Estado, para que todo cidadão possa acessar e acompanhar a movimentação financeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...