segunda-feira, setembro 28, 2020

Alunos do curso de Direito da UFAC/CZS promovem ação para orientar população sobre Auxílio Emergencial

As informações que a maioria da população tem acesso, principalmente àquelas que são repassadas pelas redes sociais, vem carregadas de dúvidas. Estão corretas, são fake news, ou na grande maioria das vezes as pessoas não conseguem decifrar devido a linguagem, né mesmo?! Com intuito de mudar essa realidade, alunos do curso de Direito da Universidade Federal do Acre, do Campus Floresta em Cruzeiro do Sul, estão promovendo ações nas redes sociais para sanar as dúvidas sobre os direitos dos cidadãos nesse período de pandemia, no tocante ao Auxílio Emergencial.

O projeto intitulado “Auxílio emergencial na Covid-19” é uma ação do curso de Direito da UFAC, desenvolvida por meio de Projeto de Extensão, que visa fornecer à população do Vale do Juruá, por meio das mídias sociais (Instagram, Whatsapp e Facebook), informações e orientações referentes aos conflitos administrativos e jurídicos decorrentes do recebimento do auxílio emergencial. “Tendo em vista o excesso de informação produzidas e repassadas nesse período pandêmico, torna-se necessário a criação de fontes seguras de informação que objetivem não apenas “arremessar” conteúdos, mas também auxiliar na resolução da demanda”, argumenta os educandos.

O projeto será executado pelos alunos e professores do Campus Floresta/Cruzeiro do Sul, a fim de viabilizar a resolução de questões originadas desde o requerimento até o recebimento do auxílio emergencial fornecido pelo Governo Federal.

O trabalho dos educandos e docentes tem como meta contribuir para a solução de divergências relativas ao auxílio emergencial, bem como abordar as dúvidas relacionados ao tema, explicando o que é o auxílio emergencial, quem pode solicitar, quais os requisitos e a sua relação com o programa Bolsa Família.

Para obter ajuda, o cidadão devem se conectar com os alunos e professores pelas redes sociais: @auxilionacovid e @direitosnacovid no Instagram.

 Projeto

EDUCAÇÃO PARA OS DIREITOS HUMANOS DIANTE DA PANDEMIA COVID-19: A CONSCIENTIZAÇÃO NUNCA FOI TÃO IMPORTANTE

Parte de um todo maior, o projeto de extensão “Educação para os Direitos Humanos Diante da Pandemia Covid-19”, integração efetiva da comunidade universitária da Universidade Federal do Acre/Campus Floresta e comunidade externa, desenvolvido pela tríplice educação – ensino, pesquisa e extensão – será uma fonte confiável de informações sobre a pandemia Covid-19 e sua influência nos Direitos Fundamentais e Civis.

Desde o advento do Sars-CoV-2, vírus da família coronavírus, causador da Covid-19, houve exponencial alteração do modo hodierno de vida, o que demandou agilidade dos Estados para conter o contágio da doença e criar mecanismos para adequar suas múltiplas práticas e programas a nova realidade, suscitando iniciativas governamentais, nacionais e locais, e de instituições internacionais, a fim de preservar ao máximo a incolumidade pública.

 Embora tente-se, a informação correta sobre essas iniciativas, por vezes conflitantes, não é homogênea. Se não são distorcidas ou deficientes, são falsas: informações despóticas. Não bastando, a própria emergência das medidas, aliada ao costume corrupto, são gargalos da sua própria eficácia. Largada ao acaso, a ignorância e insatisfação social crescem tanto quanto o número de mortos na pandemia. Mais que o histórico de atleta, a informação sincera, o conhecimento, caminho da emancipação e do status de cidadão, é a verdadeira arma a ser usada no enfrentamento dos problemas sociais pandêmicos, e dos problemas antigos que os intensificaram.

Portanto, essa iniciativa suscitará discussões com temáticas de caráter educativo, social, artístico, cultural e cientifico para que aflore, naqueles que alcançar, a necessidade de se discutir sobre cidadania durante a pandemia. Isso, por meio de breves – porém importantes – comentários a respeito de medidas governamentais e legislações pandêmicas, seu papel e alcance na efetivação dos direitos sociais e civis, e como essas iniciativas têm funcionado em um Brasil tão desigual.

O presente projeto está sendo desenvolvido desde 2018, com o intuito de difundir a educação para os direitos humanos na atual sociedade, sendo que nos dois primeiros anos as ações foram presenciais em duas escolas do Município de Cruzeiro do Sul, mais precisamente Madre Adelgundes Becker com o projeto Educação para os Direitos Humanos: Uma Abordagem Humanista na busca pela Cidadania, localizado no bairro Miritizal em 2018 e o Projeto Educação para os Direitos Humanos: a concretização da cidadania e do desenvolvimento sustentável, realizado na Escola Craveiro Costa em 2019, no Bairro Remanso.

Com o surgimento da Pandemia em 2020, a Universidade Federal do Acre buscou cumprir seu papel passando a disponibilizar ações de extensão online, criando canais de interação entre a academia e a comunidade evitando aglomerações. Foi nesse sentido que a Proex/UFAC lançou edital para ações de extensão remotas, dentre eles o projeto aprovado “Educação Para Os Direitos Humanos Diante Da Pandemia Covid-19: A Conscientização Nunca Foi Tão Imprescindivel”, coordenado pela professora do Curso de Direito do Campus de Cruzeiro do Sul, Ms. Sabrina Cassol.

Por esse projeto, pretende-se viabilizar a emancipação da comunidade sobre seus direitos e as alterações nas relações em que o direito permeia durante esse tempo anormal. As fontes de difusão dessa ação online incluem formas de comunicação remotas diversas, como a rede social Instagram com a página @direitosnacovid, visando ampliar o alcance das informações.

Participam desse projeto professores da Graduação e Pós-Graduação da Ufac/CZS, instituições externas como a Escola Estadual Dom Henrique Ruth, Professores Universitários de outras Instituições espalhadas pelo Brasil parceiras do projeto, discentes do Curso de Direito da UFAC/CZS e a própria comunidade.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...