Jordão: Vereadores agradecem governador Gladson Cameli por garantir a entrega de quase 500 Carteiras de Identidade da população mais carente do município

- Publicidade -

 

Garantir o acesso aos documentos essenciais , por exemplo, a Carteira de Identidade ( RG) para a população de menor poder aquisitivo é mais do que ação uma ação política de quem está afrente de um órgão público. É um ato de humanidade. Porque o documento é comprovação da existência de uma pessoa.

Carteira de Identidade

- Publicidade -

Por isso com muita luta e perseverança dos vereadores de Jordão, no interior do Acre, cerca de 500 munícipes, na sua grande maioria indígenas da etnia Kaxinawá, estão recebendo a segunda via da Carteira de Identidade.

Os documentos foram retirados durante uma ação do Projeto Cidadão, em Jordão. Uma reivindicação da presidente do parlamento junto ao TJAC, na qual foi atendida pela Desembargadora Eva Evangelista, coordenadora do projeto na corte de justiça acreana.

Mesmo sendo retirado no Projeto Cidadão , a segunda via do documento requer que seja pago. Na qual custou aos cofres do estado mais de 30 mil reais. Todo custo foi arcado pelo estado com o aval do chefe do Palácio Rio Branco.

A ação foi desenvolvida em meados de 2019, contando com a parceira da Câmara de Vereadores, ALEAC, Prefeitura Municipal, TJAC e Governo do Estado.

Devido a pandemia , a reimpressão que necessitava de pagamento demorou um pouco mais. Contudo, a articulação da presidente do parlamento junto ao governador Gladson Cameli fez com que o principal documento de identificação das pessoas chegassem às mãos dos donos.

Alegre com a entrega dos RGs, presidente da Câmara de Vereadores de Jordão, Meire Sérgio ( PDT) , agradeceu imensamente o governador Gladson Cameli e a Desembargadora Eva Evangelista por ter atendido o pedido dos vereadores. Desse modo, proporcionado que os cidadãos de menor poder aquisitivo pudesse ter novamente seu documento. ” Em nome de todos os meus colegas de parlamento agradeço ao governador Gladson Cameli, a Desembargadora Eva, porque graças a boa vontade deles, hoje quase 500 pessoas estão recebendo seus documentos. É um gesto de muita grandeza, que somente através da união dos representantes da sociedade é possível ver acontecendo”, destaca.

Os documentos estão sendo entregue no prédio da Secretaria de Produção e Sustentabilidade de Jordão.

Por Leandro Matthaus

Related Articles