Jesus Sérgio afirma que reconhecimento do Acre como zona livre da febre aftosa levará o Estado a exportar carne

- Publicidade -

Como defensor do desenvolvimento da agropecuária no Acre, o deputado federal Jesus Sérgio (PDT) celebrou durante esta semana a notícia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que reconheceu o Estado do Acre como zona livre de febre aftosa sem vacinação, o que proporcionará abertura do mercado local para exportação e ainda valorizará os produtos acreanos. O ato normativo do Ministério entrará em vigor a partir do dia 1º de setembro de 2020.

Jesus Sérgio sempre esteve empenhado para a certificação do Acre como território da federação livre da febre aftosa, pois entende que a agropecuária é de suma importância para o crescimento da economia do Estado.

- Publicidade -

“Esta certificação do Ministério da Agricultura representa uma grande conquista para o setor agropecuário, agora o nosso Estado poderá entrar no mercado internacional e atrair investimentos, o que gera emprego e renda para a população. E faço questão de parabenizar toda a equipe do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado do Acre, o IDAF que trabalhou muito para este reconhecimento. E reafirmo o meu compromisso com os agropecuaristas em defender sempre melhorias para o setor”, afirmou o deputado.

Por Camila Pimentel

Related Articles