sábado, outubro 31, 2020

Cruzeiro do Sul: os candidatos de hoje, podem ser apenas meros eleitores amanhã

A eleição municipal deste ano no segundo maior colégio eleitoral do Acre, leia-se Cruzeiro do Sul, é o que podemos denominar  de verdadeira incógnita. Pois os nomes que se apresentam hoje, amanhã podem estar apenas como meros eleitores. 

Ilderlei Cordeiro

É o caso do atual prefeito Ilderlei Cordeiro ( Progressistas), que está na iminência de ser julgado pela Corte Eleitoral do Acre, podendo vir ser cassado, não apenas ele, mas toda a chapa  majoritária, isso inclui o vice Zequinha Lima. Nesse caso, o presidente da Câmara assumiria  o cargo e toda estrutura do governo municipal já estaria em novas mãos e ninguém sabe com ele agiria, apesar de estar filiado na mesma legenda do gestor. 

No caso da manutenção do mandato, Ilderlei Cordeiro têm reais chances de ser reeleito. O homem rejeitado há dois anos, melhorou sua popularidade. Porque o gestor tem valorizado o funcionalismo público ( importante seguimento do eleitorado), investiu pesado em   infraestrutura, está apoiando o agricultor com a mecanização de terras e até asfaltou ramais. Além disso, não tem poupado recursos quando o assunto é distribuição de alimentos para os mais pobres, que representa a maioria do eleitor cruzeirense. A máquina municipal também conta muito numa disputa local. Cordeiro  ainda desfruta  do apoio  do governador Gladson Cameli, que tem peso eleitoral super importante numa campanha na sua terra natal, uma vez que este   já declarou apoio  ao herdeiro político do ex-deputado Ildelfonso.  

Fagner Sales ( MDB)

Fagner Sales ( MDB),  o principal rival de Cordeiro, é filho de Vagner  Sales ,  fiador da vitória do gestor, mas que no decorrer do mandato brigaram.

A família Sales é sem sombra de dúvidas temente em quaisquer eleições no município, mesmo sendo Fagner o candidato. Que apesar de nunca ter sido candidato a nada, carrega uma enorme rejeição. Diferente da irmã, da mãe e do pai que são carismáticos com o povão, o eleitor não olha o herdeiro masculino da família do mesmo modo que olham seus entes. 

Dizem os apoiadores do grupo Sales que o Leão do Juruá está disposto a tudo para vencer a eleição e assumir o governo municipal outra vez. Inclusive, se o filho não decolar nas pesquisas, vai colocar a deputada federal Jéssica Sales para enfrentar Ilderlei, vista como o nome capaz de frear a reeleição do mandatário. Mesmo que as consequências futuras não seja tão boa. Haja vista que a crise da pandemia não promete ser promissora aos novos gestores. 

A entrada de Jéssica na disputa vai ao encontro do que falei na introdução do texto, que os candidatos de hoje, podem ser apenas  eleitor amanhã. 

Além dos nomes já citados, entram no cenários eleitoral nomes novos: Adonis e Marcelo, bem como Henrique Afonso ( PSD),  um  veterano na disputa, que mesmo no auge da Frente Popular não conseguiu ser vitorioso para comandar o executivo. 

Pelo movimento de direita, embasado nas ideias bolsonaristas, temos o nome do Sargento Adonis Souza ( PSL). Que aos poucos vem crescendo na disputa, mas que no decorrer da campanha sentirá na pele a falta de uma estrutura frente aos seus adversários. Destarte ainda, que seu nome é conhecido somente na área urbana, isto é, o eleitor dos rincões e responsável por modificar o resultado eleitoral não o conhece. 

Sargento Adonis Souza ( PSL). Foto: divulgação Facebook

Vale destacar ainda que com a entrada do vice-governador Major Rocha no PSL , que veio do PSDB- cuja legenda tem um acordo com o MDB e a família Sales no Juruá, a candidatura de Adonis pode ser rifada. 

Professor Marcelo Siqueira. Foto: Juruá em Tempo

O petista Marcelo Siqueira é um nome que desfruta de boa aceitação no meio acadêmico e com os jovens estudantes. Mas quando o assunto é candidatura majotária do Partido dos Trabalhadores em Cruzeiro do Sul , é  preciso ter calma para fazermos um prognóstico. Nos 20 anos que a sigla geriu o Acre, não foi  capaz de  construir um nome que vencesse uma eleição. Para dizer a verdade, os candidatos apoiados pelo bloco político perderam todas as disputas. Eis a pergunta: Siqueira conseguirá mudar essa realidade? 

No caso de Ilderlei Cordeiro ser cassado, dizem que o tio Rudley Estrela seria o nome apoiado por ele, mas na eleição estadual de 2018, o gestor não conseguiu transferir os votos necessários para a vitória do tio na vaga pela Câmara Federal. Por outro lado, comentam, que o  deputado estadual Luiz Gonzaga ( PSDB) pode ser o nome capaz de unificar a oposição e teria a benção do governador. 

Como em político nada é certo e o improvável não existe, vamos esperar os próximos capítulos. 

Por Leandro Matthaus

 

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...