terça-feira, setembro 29, 2020

Edvaldo Magalhães defende plano emergencial de socorro ao comércio e ao setor de serviços, por conta da pandemia

 

Foto: Sérgio Vale

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) voltou a cobrar do governo do Estado uma política voltada para atender os comerciantes acreanos afetados diretamente pela pandemia do novo coronavírus. Ele mencionou que já se passou mais de um mês e até o momento a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) não enviou à Assembleia um plano com medidas tributárias e fiscais de socorro ao setor.

“Já se passaram mais de um mês e nenhuma proposta até o momento foi apresentada pelo governo do estado para o comércio e o setor de serviços. Todos sabemos da crise fiscal que o Brasil está vivendo e consequentemente o estado do Acre está vivendo. A maior geradora de empregos, fora o setor público, é o comércio e prestadores de serviços.”, pontua o parlamentar acreano.

Edvaldo Magalhães mencionou que as duas pastas do governo não podem serem apenas ‘guardadoras de livros’, ou seja, apenas notificar os comerciantes, mas sim estimular a livre iniciativa, fomentando o comércio e incentivando os empresários a investir cada dia mais, gerando empregos. O deputado do PCdoB acrescentou que havia um planejamento em março por parte dos comerciantes e prestadores de serviços, mas foram surpreendidos com a chegada do coronavírus, sendo que estes tiveram que fechar as portas.

“Foi justamente neste momento de retomada da atividade que nós tivemos a decretação da calamidade. Portanto, todo um setor que estava programado teve que fechar as portas no enfrentamento à Covid-19. De lá para cá, o setor amargou prejuízos, as contas acumularam. Tiveram que amargar uma péssima notícia, o Fisco Estadual não atrasou um dia a notificação, e a inadimplência afetou todo o setor. A minha fala é fazer um apelo ao governo, à Secretaria de Fazenda e de Planejamento. A postura do setor de planejamento e do setor fazendário é de fomentador e incentivador da atividade econômica”, salientou

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...