segunda-feira, setembro 21, 2020

Prefeito Ilderlei Cordeiro faz primeiro despacho na futura sede da Prefeitura de Cruzeiro do Sul

 

Prefeito recebeu representantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia em reunião nesta segunda-feira

Em um ato histórico, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, cumpriu a primeira agenda oficial na futura sede da Prefeitura Municipal. Ele recebeu nesta segunda-feira (27) o Movimento Nacional de Luta pela Moradia, onde ouviu as reivindicações do grupo e se comprometeu a endossar a luta dos ativistas garantindo o apoio da prefeitura municipal.

Em breve o novo prédio será oficialmente entregue e para Ilderlei Cordeiro, o fato de fazer seu primeiro despacho na nova sede para um assunto tão importante, é emblemático. “Estamos fazendo a primeira reunião, o primeiro despacho na futura sede da prefeitura, e sobre um assunto tão importante e que tenho buscado priorizar no meu plano de governo”, disse.

Há anos o Movimento Luta pela Moradia busca a parceria municipal para uma política de assistência social que contemple a parcela da população cruzeirense que necessita de um lar digno, somente com Ilderlei, o movimento viu a esperança de realizar o sonho destes cidadãos se aproximar.

Desde o início de seu mandado, o gestor tem buscado meios de cumprir a sua promessa e o objetivo é construir o primeiro complexo habitacional predial de Cruzeiro do Sul. Há meses, Cordeiro solicita a devolução do terreno onde funcionava a Radiobrás, que foi desativada. No início do mês ele chegou a ir até Brasília, onde se reuniu com o secretário adjunto da Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Mauro Filho, para intermediar este processo.

“Fiz um cadastro junto à Defesa Civil com todo o histórico social de mais de mil famílias, entregamos para o ministro da Defesa, mas a cada troca de governo a luta ficava cada vez mais difícil, mas graças a Deus e uma emenda do Alan Rick, conseguimos dinheiro pra construir o primeiro complexo habitacional predial de Cruzeiro do Sul. Agora eu tento reaver o terreno que era do município e foi cedido à Radiobrás que fechou e agora queremos de volta, é muita burocracia, mas precisamos disso para dar continuidade a esse projeto que está quase finalizado e tenho fé que até o fim do meu mandato assinarei a ordem de serviço para iniciar esta obra”, disse.

Localizado no bairro do Remanso, o espaço tem cerca de 10 hectares.“Lá vai atender as demandas das famílias de baixa renda que não tem uma habitação. No local construiremos prédios com apartamentos e vai ter área de lazer, praça, creche, quadras, campo de grama sintética, área de caminhada, parque, mercados, enfim, um complexo com várias estruturas que vão beneficiar o desenvolvimento e a qualidade de vida da população”, detalhou o prefeito.

Ao todo, os levantamentos feitos demonstram que pelo menos duas mil famílias precisam ser atendidas pelas políticas de moradias. Além do terreno onde funcionava a Radiobrás, o prefeito informou que duas outras áreas foram compradas pelo município para serem destinadas à habitação e uma terceira já está sendo negociada. “Temos muitos problemas na questão habitacional, mas tenho fé que vamos solucionar todos eles até o final do ano. Já me comprometi com o movimento que se não conseguirmos construir as habitações, até o final do meu mandato, por conta de toda esta burocracia, faremos a divisão dos terrenos”, assegurou.

O movimento existe em Cruzeiro do Sul desde 2014 e de acordo com a líder, Socorro Queiroz, somente na gestão do prefeito Ilderlei houve a concretização das promessas do auxílio do poder público. “A moradia dá dignidade ao ser humano, Não é fácil para uma família não ter onde morar, em especial em um momento como este de pandemia, onde muitos perderam o emprego e não tem como sequer alimentar seus filhos, quanto mais pagar o aluguel. Sempre acreditamos no que o prefeito prometeu e agora temos esta alegria de poder dar a boa notícia à essas pessoas que tanto precisam, que elas vão realizar o seu sonho”, disse, emocionada.

José Maria, que também está à frente do movimento e participou da reunião, agradeceu ao prefeito Ilderlei pela sensibilidade de comprometer com as políticas públicas. “Há 16 anos Cruzeiro do Sul não tinha uma política de habitação para atender aquelas pessoas mais carentes. Semana passada uma moradora me pediu R$250 para pagar o aluguel, foi aí que eu percebi precisamos fazer alguma coisa urgente, eu agradeço ao prefeito por estar nesta luta, por assumir este compromisso”, afirmou.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...