quarta-feira, março 3, 2021

“Bolsa Enche o Bucho” vai beneficiar 5 mil famílias no Juruá

Busca ativa começa a cadastrar famílias que não estão atendidas pelo auxílio emergencial do governo federal. Recursos são do Banco Mundial.

A secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as mulheres (Seasdham), anunciou na manhã de hoje (17) em Cruzeiro do Sul, o Cartão Solidário, chamado pelo governador Gladson Cameli de “Bolsa Enche o Bucho” e o Cartão Acolhimento. O benefício deverá chegar para cinco mil famílias na região do Juruá.

Segundo a irmã Milca, representante da SEASDHAM no Juruá, o programa é para as famílias que não estão no Cadastro Único e não são beneficiadas com auxílio emergencial do governo federal. Ela esclareceu que os recursos são próprios provenientes do Banco Mundial.

“O programa Cartão Solidário e Cartão Acolhimento são do Estado, uma preocupação da primeira-dama e o governo do com quem não recebe auxílio do governo federal e nenhuma transferência de renda”, disse a irmã.

O Cartão Solidário segundo a representante, atenderá a situação de emergência, o valor de R$ 150 e pode ser sacado ou efetuado compras de alimentos. O Cartão Acolhimento atenderá as instituições que trabalham com pessoas em situação de risco social.

“Após as cestas básicas, o estado manifestou a preocupação de continuar atendendo principalmente quem ficou de fora do benefício federal”, acrescentou Milca.

Um cadastramento começa a ser efetuado com a participação das secretarias de ação social dos municípios. Irmã Milca informou que a transferência de recursos ocorrerá somente durante a pandemia.

Fonte: Ac24horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular