quarta-feira, março 3, 2021

Após notificação do MP, Tarauacá volta atrás e proíbe reabertura de igrejas durante pandemia

Após recomendação do Ministério Público do Acre, a prefeitura de Tarauacá, no interior do Acre, voltou atrás e proibiu a reabertura eventos religiosos em templos ou locais públicos da cidade durante a pandemia. O decreto que revoga a medida foi publicado na edição desta segunda-feira (13) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Localizado na Região Tarauacá/Envira, o município está incluído na lista de cidades que saíram na fase vermelha e avançaram para a fase laranja, que representa alerta, e podem retomar algumas atividades como: lojas de eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática e outros.

Porém, eventos religiosos só poderiam reabrir a partir da fase amarela com apenas 30% e na fase verde com 60%, seguindo os cuidados de higienização. A prefeitura também autorizou a reabertura de motéis, hotéis, salões de beleza, pousadas e ambulantes.

Tarauacá estava entre as 11 cidades acreanas que não estão cumprindo com o determinado pelo decreto estadual, através do pacto Acre sem Covid, que estipula os critérios para os setores voltarem a funcionar durante a pandemia do novo coronavírus. Agora, 10 cidades permanecem descumprindo o decreto.

Inicialmente, a prefeitura explicou que determinou a reabertura das atividades levando em consideração o cenário da Covid-19 no município. O G1 não conseguiu contato com a prefeita Marilete Vitorino nesta segunda.

Vale destacar que na primeira reunião que o comitê apresentou os resultados, foi informado que cada município segue a classificação da regional, como foi dividido. Dentro daquela fase, as cidades têm autonomia para decidir por medidas preconizadas em cada bandeira.

O promotor da Promotoria Especializada de Saúde, Gláucio Oshiro, chegou a afirmar que em caso de descumprimento do que preconiza o decreto estadual sobre o pacto, o gestor pode sofrer sanção administrativa.

Decreto municipal

Ainda no decreto, a prefeitura também autorizou a reabertura de motéis, hotéis, salões de beleza, pousadas, feiras livres, escritórios, agências de turismo, malharias, gráficas e ambulantes.

A portaria determina que sejam seguidas todas as recomendações de higienização e cuidados para evitar a proliferação do novo coronavírus na cidade.

Todos os estabelecimentos devem ter álcool em gel, as pessoas precisam ficar a mais de um metro de distância umas das outras e a limpeza dever ser feita constantemente.

Bares, restaurantes, pizzarias, sorveterias e outros estabelecimentos devem funcionar apenas com os serviços de drive thru e delivery.

Coronavírus em Tarauacá

Com pouco mais de 42,5 mil habitantes, o município de Tarauacá tem 865 casos de Covid-19 confirmados, segundo último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), divulgado nesse domingo (12). Outros 699 casos foram descartados. Em todo Acre já são 16.190 casos da doença.

No ranking da incidência média da doença, o município aparece em 5º lugar no Acre, com taxa de 203,2 para cada 10 mil habitantes. Os municípios de Assis Brasil e Cruzeiro do Sul apresentam as maiores incidências do estado com 302 e 267 por cada 10 mil habitantes, respectivamente.

Do total de 426 mortes causadas pela Covid-19 no estado, nove foram registradas em Tarauacá. O maior número de óbitos está na capital Rio Branco, com 291 casos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular