quarta-feira, setembro 23, 2020

Tarauacá é o único município acreano que produz a famosa farinha milito

O município de Tarauacá, está distante 400 km da capital do estado, Rio Branco. Sua população, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 42.567 habitantes em 2019, o que a coloca na posição de 4ª mais populosa de seu estado. Seu nome é devido ao Rio Tarauacá que corta o município.

O município é conhecido como “a terra do abacaxi gigante”. Esse fruto chega a pesar em torno de 15 kg, fato que provoca grande admiração nos visitantes. A cidade é dotada de razoável infraestrutura turística. Conta com hospedarias, bares, hotéis e restaurantes, onde sempre se encontram pratos à base de peixes nobres da região, dentre outras especialidades.

Tarauacá se tornou famoso no Brasil e no mundo após o programa Globo Repórter exibir uma matéria sobre as “Riquezas Amazônicas” que foi ao ar em 08 de dezembro de 2006. A reportagem mostra que além de produzir uma espécie de abacaxi gigante, também comprova que uma combinação de ervas que só existem na região, é capaz de fazer crescer cabelo em quem tem calvície. Carlos Pinto da Silva, o seringueiro que se virou cientista ao desenvolver o “Shampoo Esperança”, diz que jamais revelará o segredo da sua fórmula milagrosa, tão cobiçada pelas indústrias de cosméticos.

Tarauacá também é famosa por ser o único município acreano que produz a famosa farinha milito.

MILITO1

Cansados da concorrência com a farinha de Cruzeiro do Sul, os produtores resolveram “caprichar” no preparo desse importante alimento em Tarauacá.

O processo de preparo da farinha em Tarauacá, ainda artesanal, é bastante simples: a mandioca é descascada, ralada e espremida para extrair todo o excesso de líquido. A massa é então peneirada sobre chapa ou tacho grande de fundo plano (forno) que são aquecidos sobre o fogo para retirar o restante da umidade, deixando a farinha seca, pronta para o consumo e pode ser estocada por meses.

Em Tarauacá, o destaque é para a farinha milito, a mais procurada pelos visitantes que chegam de outras cidades e facilmente encontrada no comércio local, especialmente no mercado público.

A farinha é vendida o litro de R$ 3,00 (reais). Também é comercializada em sacas de 60 litros (paneiro) com custo a partir de R$180,00.

O vendedor de farinha no mercado municipal, Israel de Souza, falou ao Notícias da Hora. “Consigo faturar em média no mês com a venda de farinha, um mil reais, ou seja, é a mais comercializada pelo os tarauacaenses e visitantes que o procuram bastante”, disse.

MILITO2

Gilson Amorim, do Notícias da Hora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...