Operação em três cidades do Acre contra facções criminosas termina com 12 presos

 
Em mais uma operação realizada pela Polícia Civil do Acre na manhã deste sábado, 23, 12 pessoas foram presas sob a acusação de integrar organização criminosa. A ação coordenada pelo Departamento de Inteligência (DI) aconteceu em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Plácido de Castro.
 
Em Rio Branco foram realizadas prisões no complexo penitenciário e nos bairros Calafate, Conquista, Jorge Lavocat e Papouco. Ainda ocorreram dois cumprimentos de mandados na penitenciária de Cruzeiro do Sul e outras duas na cidade de Plácido de Castro. A Operação teve o apoio da Polícia Penal acreana e do GAECO do Ministério Público deste estado.
 
Entre os presos estavam três lideranças importantes da organização criminosa que gozavam do beneficio da liberdade provisória. O trio, aproveitando da liberdade, coordenavam diversas ações criminosas em todo estado do Acre.
 
O Delegado Geral da Polícia Civil do Acre, José Henrique Maciel Ferreira enalteceu o trabalho do Departamento de Inteligência da Polícia Civil e reafirmou o compromisso do Governo do Acre, por meio da Polícia Civil de combater o crime e a violência e endurecer cada vez mais as ações repreensivas contra as organizações criminosas.
 
“Essa ação é o braço forte do Estado agindo de forma dura e eficaz no combate da criminalidade e as organizações criminosas. Estamos atentos e agindo de forma coordenada em todo o Acre garantido mais segurança e tranquilidade à população.
 
Essas prisões são mais uma prova do trabalho incansável e eficiente de nossos policiais que dispõem de técnicas apuradas de investigação e de inteligência garantindo o sucesso de nossas operações. Quem estiver em conflito com a Lei será alcançado pelo braço armado do Estado”, advertiu o Delegado Geral.
 
 
Por Juruá em Tempo 

Related Articles