sábado, outubro 31, 2020

Há sete anos falecia ex-governador Orleir Messias Cameli

Por Richard Silva, do Juruá em Tempo

O ex-governador do Acre, Orleir Messias Cameli, faleceu em 8 de maio de 2013, aos 64 anos, em Manaus, onde realizava tratamento contra câncer. A viúva Beatriz Cameli rememora os sete anos do falecimento do esposo e sua trajetória na política.

“Hoje recordamos mais um ano do falecimento do querido Orleir Messias Cameli que para o povo do Acre foi uma grande perda, pois ele tinha todo o cuidado com as pessoas, idosos e crianças. Como cidadão, neste momento de pandemia, estaria agindo para ajudar o próximo”, destaca Beatriz.

No ano de 1992, Orleir foi eleito prefeito de Cruzeiro do Sul, permanecendo no mandato por apenas 15 meses. Ele deixou o executivo municipal para se candidatar ao Governo do Acre. Eleito em 1994, Orleir ficou no cargo de governador durante o período de 1995 a 1999.

Orleir Cameli e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

“Orleir deixou muitos líderes, a exemplo do seu sobrinho e atual governador Gladson Cameli, que também tem se empenhado para cuidar do povo do Acre. Quando pensamos na morte, sabemos que ela é mais forte que a vida; mas o amor é mais forte do que a morte”, endossou a viúva.

Tio do atual governador Gladson Cameli (PP), Orleir foi um gestor popular e até hoje é lembrando, em especial, no Vale do Juruá. Beatriz Cameli reside em Cruzeiro do Sul.

Beatriz Cameli recorda 7 anos do falecimento do ex-governador Orleir Cameli:

Quando passamos por doenças, mortes, pandemias, como agora, sentimos sempre uma grande aflição, com sentimentos negativos, com imensa preocupação. Hoje, dia 08 de maio lembramos uma vez mais o falecimento de nosso querido Orleir Messias Cameli.

Foi uma grande perda para o povo do Acre, desse homem que tinha todo o cuidado para com seu povo, para com os idosos, doentes, crianças. Imagino o que ele estaria fazendo nesse momento, como cidadão, não como político, mas como o ser humano que ele sempre foi, no apoio, na proximidade de sua gente. Ele, com certeza, estaria muito empenhado em atitudes positivas de ajuda, de humanidade, solidariedade e caridade, que sempre foram marcas de sua existência e que eram conhecidas por toda a população do Estado.

Orleir se foi de forma tão prematura, acredito,  por uma vontade de Deus, a nos mostrar que a essência da vida ensina que, quando uma árvore frondosa morre, antes, ela lança sementes que vão frutificar e fazer nascer novas plantas, difundindo e completando esse ciclo maravilhoso da existência. Tenho certeza de que Orleir deixou muitos exemplos e sei que sempre surgirão novos líderes com a mesma mentalidade, a levar seu legado, como o atual o governador Gladson Cameli, que está tão presente no esforço maior de cuidar de seu povo.

É certo que a morte pode ser mais forte que a vida, mas e certo também que o amor é mais forte que a morte. E foi esse amor que Orleir colaborou para espalhar a sua volta. Fica aqui minha mensagem de gratidão, em nome de toda a família, pelo carinho que todos têm por Orleir Messias Cameli e que sempre têm demonstrado.

Mando também minha homenagem e lembrança, nesse momento tão difícil, a todas as mães, que representam a força para incentivar e manter unidas as famílias. Desejo, por ocasião da proximidade do Dia das Mães, que haja paz, é muita espiritualidade em todos. Muito obrigado.

Beatriz Barroso Cameli e família

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...