Sem rancor, Rodrigo Damasceno responde empresário José Mourão

Por Leandro Matthaus /Portal Tarauacá

Após ser chamado de ser rancoroso, demagogo e ter governado Tarauacá com ódio pelo empresário José Mourão nas redes sociais, o ex-prefeito e médico Rodrigo Damasceno emitiu uma nota.

Amigo, 
Gostaria do direito de resposta em relação a publicação do seu Mourão! Que antes de entrar no tema, é uma pessoa que nutria e ainda nutro respeito tanto por conta da sua idade, quanto pelos laços com minha família! 
Primeiramente, sobre a questão dos servidores públicos municipais de Tarauacá terem migrado na nossa gestão de celetista para estatutários! Que fique claro foi uma decisão combinada com os representantes das categorias, sendo realizado estudo atuarial pela Caixa Econômica Federal e validado a viabilidade de se criar o fundo previdenciário municipal que a ideia era justamente ser gerenciado por uma instituição bancária de renome tipo a Caixa! E assim foi enviado o projeto de lei da mudança de regime , o qual previa a criação do fundo, e foi aprovada pelos vereadores, sendo posteriormente sancionada por mim! Acontece que o tribunal de contas questionou o estudo da Caixa e estávamos em debate com eles para validar o estudo e criar nosso fundo, quanto terminou nossa gestão. Talvez se tivéssemos criado nosso fundo teríamos evitado as maldades da reforma da previdência aos servidores do município, que receberam todo o seu Fgts naquela oportunidade e sendo inclusive pago várias dívidas que o município tinha com os servidores de gestões anteriores! 


Mas, Seu Mourão, sobre isso é muito fácil, era só a atual gestão ou a próxima enviar um projeto de lei revertendo a mudança e retornando todos ao antigo regime ou tentasse viabilizar a aprovação do fundo pelo TCE.Sobre a dívida que ficou com o município, não vi sua mesma indignação com as dívidas da gestão passada que tivemos que honrar no nosso mandato! Mas tudo bem, respeito seu descontentamento, realmente passamos por momentos muito difíceis, mas a democracia lhe possibilita isso, faça sua melhor escolha. Sei que sua companheira é chefe da Seaprof e imagino que o seu ideal de gestão esteja sendo representado no trabalho que ela desenvolve e lhe desejo sucesso para que possa atender da melhor maneira possível a população rural que tanto precisa. 


Por fim, conforme a nota que publiquei anteriormente, sou a favor que se respeitasse o momento que estamos passando (Coronavírus) e se desse uma trégua no debate político. Mas para os que pretendem continuar, sugiro que os qualifique, procurando falar das qualidades, capacidades e propostas dos seus pré candidatos e se você tem dificuldade em enxergar isso, talvez deva pensar em mudar de Opinião sobre quem deseja apoiar. 


Desde já agradeço pelo espaço e as manifestações de solidariedade que recebi. 
Que possamos seguir atentos, vigilantes e solidários quanto aos efeitos do Coronavírus.
Grato, 
Rodrigo Damasceno

Related Articles