domingo, setembro 20, 2020

Calegário diz que relação com Nicolau está rompida e rebelião pode ser o estopim para o fim do progressista na presidência

Por  Notícias da Hora 

Se depender do deputado Fagner Calegário (PL), o presidente da Mesa Diretora da Aleac, deputado Nicolau Júnior (Progressistas) terá dificuldades para se reeleger à presidência em 2021. Um áudio dele revela que o clima ficou tenso no pós sessão desta quarta-feira (29), após Nicolau encerrar o grande expediente e não conceder a palavra ao parlamentar, que alegou problemas técnicos ao ser chamado pela Mesa para fazer uso da palavra.

Calegário diz que relação com Nicolau está rompida e rebelião pode ser o estopim para o fim do progressista na presidência

O áudio, que tem exatos 25 segundos, revela que no que depender de Calegário, os laços com a Mesa Diretora, em especial Nicolau Júnior, estão rompidos. O parlamentar acusou Júnior de fazer uso da caneta para manobrar em favor dos interesses do Palácio Rio Branco. O descontentamento de Calegário já revela também o descontentamento de outros parlamentares com Nicolau Júnior na condução da Mesa Diretora.

“Vossa excelência cortou minha fala e concedeu a fala ao líder do governo. Esse é o tratamento que vossa excelência vem dispensando aos deputados que não compõem a base do governo. Eu não mais admitirei este tipo de tratamento e só quero registrar que aquele espírito de corporativismo, de ajuda mútua, dessa forma comigo não acontece, tá. Dessa forma comigo não acontece”, disparou.

Não é a primeira vez…

Na última semana, após a votação do projeto de lei que criou o Programa de Combate à Covid-19, que permitiu o remanejamento de quase R$ 92 milhões do Orçamento, Nicolau Júnior foi cobrado pelo deputado Jenilson Leite (PSB). O parlamentar socialista disse que iria fazer declaração de voto, mas Nicolau encerrou a sessão bruscamente, alegando problemas na internet. Naquele momento era apreciado o PL e uma emenda do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) que criava uma rubrica na matéria que previa o pagamento de gratificação aos servidores da Saúde e da Segurança. Os internautas e os parlamentares ficaram sem saber se o que tinham aprovado era o PL ou a emenda.

Relação conturbada

A relação de Nicolau Júnior com os demais deputados, que inclui oposição, independentes e parte da base governista, começou a ficar difícil quando Nicolau sitiou a Aleac com militares para impedir a entrada de professores para acompanhar a votação da reforma da previdência. A partir dali, a relacionamento começou a sofrer desgaste. Parlamentares chegaram a ficar irritados com a decisão de fechar a Aleac, isso porque muitos deles tiveram dificuldades para ter acesso ao prédio. Sem falar no desgaste público que tiveram que ‘carregar’ com a determinação de Nicolau Júnior.

Entenda o motivo do descontentamento de Calegário

O bate-boca entre o deputado Fagner Calegário (PL) e o presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior (Progressistas) teve início durante a sessão desta quarta-feira (29). Calegário disse que teve a fala interrompida no grande expediente por Nicolau.

“Os colegas que estão lhe acompanhando, auxiliando a sessão, passaram despercebidos neste sentido, e eu preciso que vossa excelência me conceda a palavra no Grande. Presidente, nós sabemos dos problemas que a sessão remota nos impõe em alguns momentos. Travou aqui, eu recorri ao WhatsApp, solicitei… Eu peço a gentileza que vossa excelência me conceda a palavra”, cobrou Calegário.

Em resposta, Nicolau Júnior informou que o tempo regimental estava encerrado. “Deputado, Calegário, já está encerrado. Infelizmente, não vou poder lhe conceder”, disse o presidente da Mesa Diretora.

Em seguida, Nicolau Júnior concedeu uma questão de ordem ao líder do governo, deputado Gehlen Diniz, que pediu a suspensão da sessão para que as comissões permanentes fossem reinstaladas com uma nova composição.

Após Diniz se pronunciar, foi a vez do deputado Jenilson Leite (PSB).

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...