terça-feira, dezembro 1, 2020

“Alma leve de Gladson Cameli me aproximou do seu projeto político “, diz ex-deputado Moisés Diniz

O secretário de Educação de Rio Branco, Moisés Diniz, escreveu em sua página social no Facebook o que motivou ele trocar o PCdoB pelo Progressistas, do governador Gladson Cameli. Para o ex-líder do governador Binho (PT), a alma leve do atual chefe do Palácio Rio Branco fez com que ele viesse se aproximar de Cameli.

Moisés destaca que durante 28 anos, Gladson Cameli foi o primeiro governador a sancionar um projeto político de grande relevância de um deputado da oposição. O projeto em questão é de autoria do deputado Edvaldo Magalhães que suspende o empréstimo consignado do funcionalismo público estadual durante três meses, ou durante o estado calamidade causado pelo Covid-19.

veja nota do ex-deputado

FOI ESSA NOVIDADE
QUE ME FEZ MUDAR

O governador Gladsom Cameli (PP) sancionou projeto de lei do deputado Edvaldo Magalhaes (PCdoB), que suspende por três meses a cobrança de empréstimos consignados.

Edvaldo Magalhães foi 8 anos líder de governo e 4 anos presidente da Aleac nos governos petistas.

Edvaldo Magalhães é um parlamentar atuante e experiente. Na verdade, hoje, funciona como um líder da oposição.

É aqui que reside o diferencial de Gladsom Cameli. É a primeira vez, em 28 anos, que um governador sanciona um projeto de lei importante de um líder da oposição.

Esse é o destaque: a capacidade de agir como estadista do atual governador do Acre.

Foi esse oxigênio que me fez aproximar do projeto político liderado por Gladsom Cameli, sua alma política leve, a sua capacidade de olhar para os interesses da população acima das disputas partidárias, esse espaço novo que estamos respirando, sem metano, sem truculência contra adversários, sem processos judiciais contra jornalistas, respeito aos aliados leais, diálogo aberto e direto com a população, sem intermediários, sem plástica.

Gladsom Cameli recebeu Edvaldo Magalhães no gabinete e sancionou o seu projeto, que faz bem ao Acre: tanto o projeto do deputado, como o gesto do governador.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...