segunda-feira, setembro 21, 2020

FUNAI toma medidas para evitar visitas na aldeias na região do Juruá

Apesar de não ter como proibir a entrada de visitantes brasileiros e estrangeiros nas aldeias indígenas,  a Funai de Cruzeiro do Sul adotou medidas rígidas para liberação de acesso às terras desde Feijó à Marechal Thaumaturgo. O objetivo é evitar a chegada do coronavírus nas aldeias.

Os visitantes só poderão chegar as terras indígenas depois de realizar exame do Covid-19. O período de estadia nas aldeias será de dez dias. A Polícia Federal vai atuar mais fortemente no aeroporto com orientação para que os visitantes não se dirijam às aldeias sem entes ir a Funai.

A Fundação emitiu Recomendação às lideranças no sentido de que não recebam visitantes neste período de pandemia. Editou também material com orientação contra o corona em linguagem indígena.

A informação do chefe da Funai de Cruzeiro do Sul, Capitão Marco Antonio Gimenez, é de que os contatos feitos com as lideranças indígenas resultou na desmobilização de cerca de 200 estrangeiros que estavam vindo para Vivências e Encontros nas Aldeias dos Yawanawa do Rio Gregório, com os Ashaninka do Rio Amônea e com os Katukina da BR-364.

“Estamos tolhidos por não poder proibir a entrada nas aldeias, mas agindo de várias formas com lideranças que recebem muitos turistas. Como o Biracy já sinalizou que não quer as visitas, e só hoje por exemplo chegariam 21 estrangeiros, que não vêm mais, o que é um risco à menos . Estamos atentos”, disse.

Benki Ashaninka também já avisou que as visitas não são bem vindas.

O tema coronavírus nas aldeias foi tema de reunião entre Funai, Polícia Federal, Exército e Secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul. Também está na pauta da Reunião do Conselho Distrital Sanitário Indígena .

A Funai de Cruzeiro do Sul tem jurisdição desde Feijó até Marechal Thaumaturgo, num total de 18. 200 índios divididos em 32 terras e 178 aldeias. O novo chefe, o capitão aposentado do Exército Marco Antonio Gimenez assumiu a Funai do Juruá no último dia 26 de fevereiro vindo do Rio de Janeiro .

Por Sandra Assunção, Ac24horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...