segunda-feira, setembro 21, 2020

Jordão: Prefeitura, Governo do Estado e Sebrae vão apoiar cooperativa na implantação de mini usina de extração de óleo de cocão

O crescimento de um município está alicerçado nas parcerias entre os entes e a iniciativa privada, e é com este propósito que a administração municipal de Jordão, através da Secretaria de Produção e Sustentabilidade, pasta encarregada de assistir os munícipes que produzem os alimentos da população e geram rendas, tem buscado parcerias com o Estado e Sebrae para garantir que os produtores jordanenses tenham  o apoio necessário para desenvolver o município e, por conseguinte, tornar seus moradores menos dependentes dos recursos que recebem de programas sociais, haja vista que quase 80% dos recursos que circulam na cidade são oriundos do funcionalismo púbico e do Bolsa Família.

Para mudar essa realidade, a pasta liderada pelo secretário Luís Meleiro com a anuência do prefeito Élson Farias, tem fechado parcerias com as principais secretarias estaduais e o Sebrae para implementar medidas no setor produtivo de Jordão. E umas dessas ações resultou no acordo para a implantação da primeira mini usina para extração do óleo cocão e produção de carvão da casca férrea do coco, sob a responsabilidade da Cooperativa de Agroextrativista de Jordão (Caejo). Também ficou decidido que será implantado um viveiro com arvores naturais para fins de reflorestamento e fruteiras que ficarão à disposição da comunidade local.

A reunião que selou o acordo contou com a participação de Antônio Souza e Doda Melo, representantes da FUNTAC (Fundação de Tecnologia do Acre), Souza Sombra representando da Secretaria Estadual de Produção e Agronegócio (SEPA), Pedro Freire agente de desenvolvimento do Sebrae, e Oscar Sérgio presidente da Caejo, além do secretário Meleiro. Vale lembrar que a iniciativa contou com o apoio do deputado federal Jesus Sérgio (PDT) e o presidente da FUNTAC (Fundação de Tecnologia do Acre, Tom Sérgio, que intermediaram  o apoio das pastas do governo estadual ao projeto.

O cocão será compro dos produtores da Resex do alto e baixo Tarauacá, além das terras indígenas para ser extraídos o bago. O “casco” será usado na produção de carvão.

Por Leandro Matthaus

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...