Cruzeiro do Sul: Justiça libera presos da Operação Presságio

Os sete presos da Operação Presságio foram libertados na noite desta sexta-feira (21). Os seis que estão no Acre e Alessandro Regino, preso em Minas Gerais, foram postos em liberdade após sete dias presos. O advogado Pedro Longo, que defende o ex-secretário de comunicação, Paulo de Sá, disse ao ac24horas que o delegado da Polícia Federal Tiago Souza, responsável pela Operação Presságio, ao ser consultado pela juíza Adamarcia Machado, se manifestou favorável à liberação dos presos temporários, com a substituição da prisão por outras medidas cautelares.

O delegado Tiago Souza intimou o secretário de Finanças da prefeitura de Cruzeiro do Sul, Genilson silva dos Santos, que também é sargento do Corpo de Bombeiros, para uma audiência no próximo dia 27 para esclarecer sobre a transferência de recursos federais para a ONG CBCN.

Se confirmada a existência de recursos federais nos supostos desvios, o processo poderá ser remetido à Justiça Federal, como já havia reivindicado o advogado Pedro Longo. Os sete foram presos no último dia 14 pela Polícia Federal sob acusação de desvio de verbas federais por meio da ONG CBCN. Entre os presos, estavam a irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro, a advogada Idelcleide Cordeiro.

Por Sandra Assunção, Ac24horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *