Tarauacá: Rodrigo Damasceno deve decidir sobre candidatura a prefeito em março

Ex-prefeito de Tarauacá entre os anos de 2013 a 2016, o médico Rodrigo Damasceno, que se desfiliou do PT no ano passado, deve decidir o seu futuro político até o final do mês de março. Apesar de ter perdido a disputa da reeleição para a atual prefeita da cidade, Marilete Vitorino (PSD), que não deve disputar a reeleição devido a uma série de desgastes políticos e administrativos a frente da prefeitura, existe na região uma grande expectativa para que ele se torne candidato, mas não por um partido ligado a esquerda, mas sim precisamente o PSDB do vice-governador Major Rocha.

“Realmente tem tido muita especulação a respeito. Fico feliz pela lembrança da população ao nosso nome. Mas estou em uma fase de diálogo interno conversando com a família para ter uma decisão em conjunto. Então como ainda não há decisão confirmada de participar, ainda não aprofundei a conversa com partido. Tive uma conversa com o PSDB, mais especificamente com o Rocha, Mara e Luiz Gonzaga”, explicou Damasceno.

Damasceno se comprometeu a ter uma posição final sobre candidatura para só depois abrir diálogo sobre a possibilidade de filiação. “No mais, tem-se muita especulação e sigo fazendo a mesmo trabalho que passei a me dedicar desde o dia que sai da prefeitura em janeiro de 2017 – minha profissão, família e uma vez ao mês as ações da clínica São Bernardo solidária”, pontuou.

Questionado se tudo indica que se decidir candidato, será pelo PSDB, Damasceno disse que ainda não conversou os “pormenores” com os tucanos. “Até porque antes de ter qualquer conversa preciso antes decidir se participarei de forma ativa ou não. Mas não conversamos os pormenores com o PSDB. Dependendo da decisão, Ainda vamos abrir esse diálogo e além disso precisa também da aceitação e entendimento das pessoas que apoiam o projeto. Não é uma decisão simples, tenho um carinho enorme por minha cidade, mas antes de sair à rua, preciso tá bem resolvido em casa”, frisou.

Por Ac24horas.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *