Morre goleiro Valdir Joaquim, ídolo do Palmeiras

Morreu no início da tarde deste sábado Valdir Joaquim de Morais, lendário goleiro do Palmeiras. Aos 88 anos, ele estava internado na emergência do Hospital Moinhos de Vento desde a madrugada da última terça-feira, após passar mal, e teve falência múltipla dos órgãos em Porto Alegre, cidade onde nasceu.
Valdir Joaquim de Morais estava com a saúde debilitada desde 2016, após ter sofrido um AVC (acidente vascular cerebral). Em 2017, ele fraturou o fêmur e passou a ficar de cama. Seu quadro de saúde piorou nos últimos meses e passou a ser crítico nas semanas finais de vida.
 
É com muito pesar que a Sociedade Esportiva Palmeiras informa o falecimento de Valdir Joaquim de Morais e manifesta condolências aos amigos e familiares do eterno goleiro do Verdão ➤ http://bit.ly/2FFwFGz 
 
Obrigado por tudo, ídolo!
 
Na chegada da delegação do Palmeiras em Orlando, nos Estados Unidos, o goleiro Weverton lamentou a morte do ídolo alviverde.
– Queremos deixar nosso sentimento para a família do Seu Valdir. Um dia triste, um dos maiores ídolos da história do Palmeiras. Aqui nosso abraço em toda família. Um dia triste para todos nós palmeirenses. Que a família possa se sentir abraçada, que Deus possa abençoar todos eles e que possam passar por esse momento difícil – afirmou o atleta.
O corpo de Valdir Joaquim de Morais será velado no cemitério São Miguel e Almas, neste domingo, das 8h30 às 16h. Em seguida, ele será cremado.
 
Valdir Joaquim de Morais ao lado do ex-presidente Paulo Nobre — Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com
 
Eternizado na história da Sociedade Esportiva Palmeiras. Obrigado, obrigado e obrigado, Valdir Joaquim de Morais.
 
Carreira
Valdir Joaquim de Morais defendeu o gol do Palmeiras de 1958 e 1968, período no qual atuou em 480 partidas.
Como jogador, conquistou sete títulos pelo Verdão: Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967), Taça Brasil (1960 e 1967), Rio-São Paulo (1965) e Paulistão (1959, 1963 e 1966).
Ainda no Palmeiras, Valdir foi treinador interino por algumas vezes entre 1973 e 1980, consultor-técnico (à convite de Vanderlei Luxemburgo, atual treinador) de 1993 a 1997, período no qual enfileirou títulos.
Depois de se aposentar, Valdir Joaquim de Morais criou a profissão de preparador de goleiros em 1969, à época inexistente no Brasil. Nesta função, ele trabalhou na Seleção (Copa do Mundo de 1982) e também no São Paulo e no Corinthians, entre outros clubes.
Por Globo Esporte 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *