Mortes violentas caem 56% em Cruzeiro do Sul, aponta MP

Segundo relatório do Ministério Público, o número de mortes violentas reduziu 56% em Cruzeiro do Sul. Ano passado, foram registrados 26 homicídios. Em 2018, foram 56 mortes violentas.

Em Mâncio Lima foram 8 mortes em 2018 e 6 em 2019. Em Rodrigues Alves foram 3 em 2018 e 9 em 2019. Em Marechal Thaumaturgo houve uma morte violenta em 2018 e nenhuma no ano passado. Em Porto Walter, não houve crime violento em nenhum dos dois anos.

Ainda de acordo com o MP, 91% das pessoas mortas eram homens e 9%, mulheres. Em 66% dos casos foram usadas armas de fogo. Em 25%, arma branca e em 9%, outros objetos.

A motivação da maioria dos assassinatos é a droga ou acerto de contas, sendo 160 dos casos registrados. Os outros foram por feminicídio, vingança, erro de pessoa, legítima defesa e intervenção policial.

Conforme o 6º Batalhão da Polícia Militar, só em 2019 foram realizadas mais de 1300 operações. Também foi apreendido 500 quilos de entorpecentes, 153 armas de fogo, U$ 79 mil e R$ 23 mil em espécie. Ao todo, 2007 pessoas foram presas.

Por Richard Silva, do  Juruá em Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *