segunda-feira, agosto 3, 2020

Bope captura acusado de matar mecânico dirigente do PSOL na zona rural de Xapuri

Por

O autor do tiro que matou o presidente do PSOL em Xapuri, Josemar da Silva Cunha, o mecânico Tripinha, de 48 anos, foi capturado na noite desta sexta-feira, 22, por uma guarnição do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Francisco da Silva Barroso, o Chico Doido, estava escondido na casa de uma irmã, em uma propriedade rural relativamente próxima à cidade. Com ele, a polícia encontrou a arma usada para cometer o crime, uma espingarda de grosso calibre.

Ele estava foragido desde a última quarta-feira, 20, quando, segundo uma testemunha, atirou no peito de Josemar para depois fugir, se embrenhando na mata. Tripinha morreu no local e seu corpo só pôde ser resgatado no dia seguinte, por um helicóptero.

O motivo do crime, segundo a viúva Elizângela Gomes, foi uma contenda que se arrastava há anos, entre acusado e vítima, sobre a linha divisória entre as propriedades de ambos, na Reserva Extrativista Chico Mendes.

A prisão foi resultado de uma ação integrada das forças de segurança do estado que envolveu o trabalho de investigação feito pela Polícia Civil desde o levantamento feito no local do crime pelo inspetor Eurico Feitosa e a ação efetiva do Bope, que efetuou a prisão depois de uma busca minuciosa na região.

O advogado de Francisco, Romano Gouveia, afirmou por telefone ao ac24horas que a prisão de seu cliente foi ilegal. Segundo ele, o prazo para a prisão em flagrante já havia vencido e não havia mandado de prisão preventiva expedido pela justiça de Xapuri.

Romano também disse que Francisco Barroso alega ter agido em legítima defesa. De acordo com a versão do acusado, Josemar chegou a sua casa armado na companhia de uma outra pessoa, que também estava portando arma de fogo.

Até o fechamento desta reportagem não havíamos conseguido conversar com o delegado Sérgio Lopes, coordenador da Polícia Civil na Regional do Alto Acre, que responderá pela delegacia de Xapuri até a próxima terça-feira, 26.

Outras informações a qualquer momento.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...