terça-feira, julho 14, 2020

Gladson confirma que nomeará Kátia Rejane para chefiar o MP

O governador Gladson Cameli anunciou em primeira mão para o ac24horas na noite desta terça-feira, 19, que a procuradora de justiça, Kátia Rejane, vai chefiar o Ministério Público do Acre por mais dois anos.

Cameli ligou para a procuradora na noite de hoje e a informou de sua decisão. Os dois devem se encontrar oficialmente na próxima quinta-feira, 21. Cameli está em Brasília cumprindo uma série de agenda nos ministérios

Numa eleição jamais vista no Ministério Público do Acre, em que 10% de seus membros eram candidatos, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues não conquistou apenas mais um mandato de procuradora-geral de Justiça. Ela confirmou sua liderança ao surgir no topo da lista tríplice após o processo eleitoral mais disputado da instituição. Ao todo, oito procuradores e promotores disputavam.

Kátia obteve o resultado que todo grupo liderado pelo ex-procurador-geral Edmar Monteiro conseguiu alcançar. Sozinha ela registrou 57 votos. Seu principal opositor e aliados, no caso, os promotores Alessandra Marques, Ricardo Coelho e Francisco Guedes, juntos não passaram dos mesmos 57 votos.

Edmar perdeu nas duas vezes em que tentou voltar à chefia do MP. Nesta última eleição recebeu 13 votos. Ele foi procurador-geral nos governos de Jorge Viana e Binho Marques, ambos do Partido dos Trabalhadores.

Alessandra Marques, a preferida na internet, e seus 26 votos confirmaram o que todo mundo sabe: as redes sociais não votam e, neste caso, também não tiveram o poder de influenciar as eleições internas.

Ricardo Coelho e Francisco Maia, dos quais se esperava um resultado mais expressivo por terem sido presidentes da entidade que representa os membros do MPAC, só marcaram 11 e 7 votos, respectivamente, e considerando que cada um votou em si próprio, esses números encolhem um pouco mais.

A procuradora Rita de Cássia, tida como uma das favoritas do governador Gladson Cameli, ficou com 24 votos. Tinha o apoio de nomes expressivos na instituição e de figuras ligadas ao Palácio Rio Branco. Apesar do esforço, apareceu em 5º lugar, provando que um dos maiores desafios em qualquer disputa é transferir votos.

Em relação aos dois nomes que lhe acompanharam na lista, os procuradores Cosmo Lima de Souza (50 votos) e Carlos Maia (32), a atual procuradora-geral também surgia num cenário confortável por ter costurado apoios importantes que tornaram sua recondução possível. O fato de ser prima da ex-vice-governadora Nazareth Araújo, que é do PT, restou apenas como um detalhe.

Atividade-fim e atendimento ao cidadão como prioridade

Um mês atrás, ao avaliar seu primeiro mandato, Kátia Rejane, que já foi corregedora-geral por duas vezes seguidas, atribuiu os resultados de sua gestão à união de membros e servidores, ao bom uso dos recursos e à criatividade.

De perto, sabe-se que foi preciso um pouco mais. No ano passado, foi corajosa ao fazer uma reforma administrativa e, até mesmo, de suspender projetos, o que gerou críticas e desgaste à sua gestão. Apesar dos cortes, foram mantidos a prioridade para a atividade-fim e os serviços de atendimento direto ao cidadão, além das operações de combate ao crime organizado.

Neste ano, o MPAC retomou projetos, deu posse a promotores, anunciou construção de promotorias, ganhou premiações nacionais e também é considerado um dos mais transparentes do Brasil.

Resumindo: pode-se dizer que Kátia Rejane fez bem o dever de casa!

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Coluna Diva: Lenilda Farias, a exuberância da mulher da terra do abacaxi

Confesso que estava morrendo de saudades de escrever sobre as belas mulheres e descrever a perfeição das curvas de seus corpos e, claro, falar...