Mesmo com a cidade toda intrafegável, Marilete vai gastar milhões em mobília e eletrônicos , aponta site Acjornal,


A prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, envolta a acusações de improbidade – com denúncias aceitas pelo Judiciário -, decidiu gastar mais de R$ 10 milhões em mobília para quatro secretarias municipais e a sede do município. O pregão publicado no Diário oficial desta segunda-feira indica que as empresas fornecedoras têm endereços em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e no Distrito Federal ( veja AQUI a partir da página 104). Alguns fornecedores não têm depósito e funcionam apenas escritórios modestos. Na Rua João Pessoa, 24, na Vila Ivonete, deu num galpão fechado. A empresa em questão ( sem fachada, telefone) forneceria 85 aspiradores de pó e água, com preço total de R$ 106,9 mil.

Se a compra for confirmada, o futuro gestor receberá as repartições públicas mais glamourosas dentre todos os municípios acreanos.

Estranhamente, toda a mobília será trocada faltando um ano para a prefeita encerrar o seu conturbado mandato. O município não revela a fonte dos recursos, mas, certamente, um investimento desse porte mudaria a cara da cidade historicamente conhecida como uma das mais esburacadas do Acre. Está dada a ordem para a aquisição de material Permanente do tipo eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis, equipamentos de informática, som, multimídia e outros ítens que, para um município em suposta crise, se tornariam supérfluos, desnecessários.

Sob investigação

O G1 publicou no dia 1 deste mês sobre a instauração de inquérito civil para apurar danos causados aos moradores do município de Taraucá, por causa da situação precária das ruas do município. Entre os problemas analisados estão: falta estrutura, drenagem e recapeamento, diz a publicação.

Na reportagem de Alcinete Gadelha, o promotor de Tarauacá, Flávio Bussab Della Líbrea, que assina a representação contra o município, diz pediu um plano de ação da prefeitura em relação aos reparos que devem ser feitos.

Por Assem Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *