Jordão: Vereador Dê Dias organiza há seis anos campeonato de futebol que garante a inclusão dos povos indígenas

No  município  em que a população representa 40% dos habitantes, o esporte tem sido uma grande ferramenta para a inclusão dessas pessoas. O vereador Dê Dias ( PCdoB) é o grande protagonista dessa iniciativa que há seis anos leva inclusão social às 37 aldeias de Jordão através de atividades esportivas.

Neste mês de novembro, o parlamentar organizou a grande final do campeonato de futebol de campo indígena. A competição mobiliza a população indígena de todas as comunidades, pois além dos jogos, tem ações que envolve as mulheres também.

O campeonato de futebol envolveu 37 aldeias , situadas no Rio Jordão e Rio Tarauacá. Foram 8 (oito) etapas até a grande final, sendo a última etapa realizada na Aldeia Boa Esperança entre os dias 1, 2 e 3 de novembro, com uma grande festa de encerramento no domingo.

O evento foi um sucesso, reunindo aproximadamente 1000 (mil) indígenas, que prestigiaram o momento. Estiverem presentes na grande decisão, os vereadores Dê Dias (idealizador do campeonato), vereadora Meire Sérgio (Presidente do Poder Legislativo Municipal de Jordão), vereador João da Manguaba, ex-vereador Chico Sereno, empresário Naldo Ribeiro, Secretário de Produção e Sustentabilidade de Jordão, Luís Meleiro, Coordenadora de Cultura de Jordão, Sabrina Moura, e o Cacique Chefe da Aldeia Boa Vista, Elias Kaxinawá.

Vereadores e povos indígenas

Os apoiadores e parceiros do campeonato foram a Câmara de Vereadores de Jordão, Prefeitura Municipal de Jordão, Coordenação Municipal de Cultura de Jordão, empresário Naldo Ribeiro, Deputado Federal Jesus Sérgio, Senador Sérgio Petecão, Deputado Estadual Jenilson Leite, Senhor Carlinhos, Drogaria Viver bem e o Cacique da Aldeia Boa Vista, Elias Kaxinawá.

O campeonato contou com premiações para os times finalistas, até o 4º (quatro) lugar, e também para o artilheiro do campeonato, melhor goleiro (defesas difíceis e menos vazado), e árbitro. A premiação foi R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais) para o 1°Lugar,

R$ 600,00 (seiscentos reais) para o 2° Lugar, R$ 400,00 (quatrocentos reais) para o 3º lugar, R$ 200,00 (duzentos reais) para o 4º lugar e R$ 100 (cem reais) para o artilheiro, melhor goleiro e árbitro.

Os times finalistas foram o time da Aldeia Flor da Mata e o time da Aldeia Fortaleza (Athlético Fortaleza), que duelaram durante os 90 minutos, para ver quem seria o grande campeão.

No final, o vencedor foi o time da Aldeia Fortaleza, o Athlético Fortaleza, que além da taça levou para casa o prêmio de R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais) em dinheiro, e uma experiência incrível de civismo, respeito, trabalho em equipe, amor ao próximo e cuidado, valores pregados pelo vereador Dê Dias, durante todo o campeonato indígena.

Com informações do Portal da Câmara de Jordão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *