Perpétua, Jesus Sérgio e Mara lideram desempenho da bancada acreana

Os deputados Jesus Sérgio (PDT), Perpétua Almeida (PCdoB) e Mara Rocha (PSDB) se mantêm desde o início do atual ano legislativo com melhores desempenhos na bancada acreana na Câmara Federal, onde demonstram forte atuação tanto no número de propostas legislativas apresentadas em favor do Acre, da Amazônia e do país, quanto em número de discursos, de votações nominais, presenças em sessões de plenário e nas comissões permanentes da casa

Passados os nove primeiros meses da nova legislatura, Perpétua Almeida continua na liderança em termos de desempenho, com 223 propostas legislativas, presenças em 253 votações nominais no plenário e em 135 sessões, com apenas quatro faltas justificadas e uma não justificada e nada menos que 123 discursos, quase o dobro do total dos discursos feitos em plenário pelos outros sete parlamentares da bancada.

Pelos dados do portal das páginas dos deputados no site da Câmara dos Deputados, a deputada do PC do B, em terceiro mandato, foi também a 1ª colocada em propostas, a 2ª em votações nominais, a segunda em presenças em sessões, em segunda em ausências justificadas, quando o parlamentar apresenta justificativa plausível por se ausentar das sessões, e a 5ª com apenas uma ausência não justificada.

Com 213 propostas legislativas apresentadas, o deputado estreante Jesus Sérgio apresentou o segundo melhor desempenho da bancada, tendo realizado ainda oito discursos (5º da bancada), participado de 224 votações nominais (7º), com 132 presenças em sessões (4º) e sete ausências justificadas em plenário (5º) e zero de ausências não justificadas (7º).

bancada1Deputados Perpétua Almeida, Jesus Sérgio e Mara Rocha lideram desempenho da bancada do Acre na Câmara dos Deputados – Foto Divulgação

Manuel Marcus cresce em número de propostas legislativas

Também com bom desempenho desde o início da legislatura, a deputada tucana Mara Rocha, apresentou novamente o terceiro melhor desempenho da bancada, com 55 propostas legislativas (3ª da bancada), 20 discursos (3ª), maior número de votações nominais e maior presença nas sessões, com quatro ausências não justificadas (4ª maior) e zero de ausências justificadas (1ª).

Outro que vem se mantendo na mesma posição desde o início do ano é o deputado federal Alan Rick (DEM), que ficou novamente em quarto lugar, agora mais perto da terceira colocada Mara Rocha, tendo apresentado 53 propostas legislativas (5º lugar na bancada), feito 26 discursos (3º), participado de 245 votações nominais (3º), marcado presença em 133 sessões (3º) e apresentado seis justificativas para se ausentar das sessões (3º) e nenhuma sem justificativa (5º).

O quinto colocado da bancada é o deputado federal Manuel Marcos (Republicano), com 59 propostas legislativas (3º da bancada), sem discurso (8º), tendo participado de 232 votações nominais (6º), estando presente em 128 sessões (6º) e com 11 ausências justificadas (6º) e sem nenhuma ausência não justificada (6º). Em sexto lugar ficou a deputada Doutora Vanda Milani (Solidariedade), com 16 propostas legislativas (6ª), fez 14 discursos (4ª), participou de 235 votações nominais (4ª), esteve presente em 131 sessões, com seis ausências justificadas (4ª) e duas ausências não justificada (4ª).

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) foi o sétimo colocado em desempenho entre os oito deputados da bancada, com seis propostas (7º), apenas dois discursos (6º), 187 votações nominais (8º), presenças em 108 sessões (8º), sete ausências não justificadas (1º) e 24 ausências justificadas (8º). Em oitavo e último lugar ficou a deputada Jéssica Sales (MDB), com nove propostas legislativas (8ª), nenhum discurso (8ª), 232 votações nominais (5ª), presenças em 112 sessões (7ª), quatro ausências em plenário não justificadas (2ª) e 23 ausências justificadas (7ª da bancada).

Por Romerito Aquino

www.expressoamazonia.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *