Fundação Hospitalar do Acre já realizou 25 transplantes bem-sucedidos em 2019

A Saúde do Acre avança na gestão Gladson Cameli. Somente em 2019, a Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre) já contabiliza 25 bem-sucedidos transplantes de fígado, rim e córnea. O último procedimento cirúrgico concluído na madrugada desta segunda-feira, 28, é um marco para o governo acreano.

Um homem de 49 anos, que estava na lista de espera há três meses, foi o paciente número 50 a receber um novo fígado desde que o transplante do órgão foi iniciado na Fundhacre, em 2014. O Acre continua sendo o único estado da região Norte do país a realizar este tipo de cirurgia, considerado de alta complexidade.

Fundhacre já realizou 25 transplantes bem-sucedidos este ano Foto: Odair Leal/Sesacre

“Esta cirurgia, em especial, é muito simbólica para nós. Este fígado veio de Goiânia transportado por uma aeronave da Força Aérea Brasileira e marca o transplante número 50 que a Fundação Hospitalar faz com um empenho enorme dos profissionais e dos gestores que fazem um trabalho muito importante para que o órgão chegue até aqui”, afirmou a médica e coordenadora da Central Estadual de Transplantes, Regiane Ferrari.

Fundhacre se prepara para iniciar transplantes de pâncreas

Cerca de 94% dos transplantados de fígado no estado sobreviveram ao procedimento, uma das mais altas taxas do país. A Fundação Hospitalar agora se prepara para a realização de transplante de pâncreas. A unidade já está habilitada pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e aguarda a finalização dos trâmites legais.

Por Wesley Moraes Agencia Ac 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *