quarta-feira, julho 15, 2020

Parlamentares de Jordão participam do I encontro estadual de presidentes e vice-presidentes de Comissões de Educação das Câmaras de Vereadores do Acre para debater o FUNDEB

O financiamento do ” novo FUNDEB e  o financiamento da educação pública no Brasil” foi tema do I encontro estadual de presidentes e vice-presidentes das Comissões de Educação das Câmaras de Vereadores do Acre. O evento foi sediado em Rio Branco, nos dias 17 e 18. 

O município de Jordão foi representado pelos vereadores:  Meire Sérgio ( PCdoB), presidente da Câmara, Rosaldo Saraiva (PT), vice-presidente e presidente da Comissão de Orçamento e finanças, e o vereador Guedes Oliveira ( PSDB), presidente da Comissão de Educação. 

 

Binho Marques (ex-secretário de estado de educação e ex-governador do acre), Luiz Carlos Andrade Neto (ex-secretário de educação do Amazonas e ex-prefeito de Envira no Amazonas), e Marta Vaneli (professora da rede pública estadual de Santa Catarina) foram os palestrantes do encontro. 

O FUNDEB que é um programa de transferência de recursos dos entes federados para educação básica , na qual a União contribui com 10% do valor.  Contudo, a vigência do programa é até o próximo ano. Sem esses recursos, educadores teme que haja um caos na educação. Por isso, tramita na Câmara Federal uma PEC de emenda constitucional que torna o programa por tempo indeterminado e, além disso, a União deverá contribuir com até 40% dos recursos em 2031. 

A minuta da proposta foi entregue em setembro pela relatora,  Deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO)  que será a base do substitutivo da proposta que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Um dos pontos centrais é a ampliação da participação da União até chegar a 40% em 2031.

Desde 2010, a União contribui com 10% do valor do fundo, dinheiro que é destinado aos estados que não alcançam um valor mínimo por aluno. Neste ano, essa participação representou R$ 14,3 bilhões.

A proposta é que essa contribuição salte para 15% em 2021, com acréscimos anuais de 2,5 pontos percentuais até chegar a 40% em 2031. O impacto orçamentário total seria de R$ 279,8 bilhões ao longo dos destes anos.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Coluna Diva: Lenilda Farias, a exuberância da mulher da terra do abacaxi

Confesso que estava morrendo de saudades de escrever sobre as belas mulheres e descrever a perfeição das curvas de seus corpos e, claro, falar...