sexta-feira, agosto 7, 2020

“Tem alguém aí?”

Não seria demais afirmar que o Grupo Teatral Beco nos conduz em uma viagem, com harmonia cênica impressionante. Em pouco mais de uma hora de espetáculo, nos faz navegar e expressar [experimentar] sentimentos e emoções em uma verdadeira montanha russa.

Foto: Sérgio Vale

Foi assim que acompanhamos o ensaio geral do grupo que se prepara para duas apresentações no próximo final de semana (19 e 20 de outubro), no Cine Teatro Recreio.

O espetáculo teatral “Beco do Mijo”, é inspirado no conto homônimo da escritora acreana Florentina Esteves. Com aproximadamente 6 anos foi o trabalho de pesquisa, que possibilitou o encontro de atores e atrizes que partilham de ideias semelhantes, a criação do grupo. 

Atualmente, o grupo conta com sete atores, entre homens e mulheres, e cinco músicos, responsáveis pela trilha sonora do espetáculo que vale uma nota: é de uma sensibilidade, criatividade e identidade.

Com uma relação afetiva com a comunidade do segundo distrito, a atriz Sacha Alencar fala que todos estão ansiosos com a estreia e espera que o público prestigie e valorize a produção teatral e destaca que “O espetáculo tem uma relação muito próxima com a arquitetura do lugar, por ele ser itinerante aproxima muito o público, o que faz ser uma experiência, uma troca, uma vivência onde o público e atores se confundem em determinados momentos”.

Foto: Sérgio Vale

A proposta do grupo fica clara ao ponto que a história vai avançando. Em cena um passado tão vivo em nossas memórias, nos arrebata para dentro. Parte efetiva do espetáculo o público em determinado momento se ver nas falas, na música, na luz, no beco. O ator Anderson Poblen fala que a intenção é contar a história de um beco e o dia-a-dia dos moradores, mas lembra que “cada pessoa tem uma reação. É um espetáculo que não tem como sair daqui sem tá impactado, cada um faz sua leitura porque ninguém entrega algo de bandeja. O público vai fazer sua leitura, são coisas sutis, é isso o mais massa na arte, não tem uma fórmula, não tem uma receita. Cada um vai sentir de acordo com suas experiências e com aquilo que viveu durante o espetáculo”.

Foto: Sérgio Vale

Com faixa etária de 16 anos a peça inicia às 20 horas, a entrada custa R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia. Siga o grupo no instagram @grupobeco e para mais informações baixe o aplicativo do É Pop e siga no instagram @epop_app 

Por Alexandre Nunes Nobre
@alexnunesac
fotos: Sérgio Vale
@sergiovaleac

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...