O SANTO DE DEUS: Um romance universal sobre fé e morte na floresta profunda da Amazônia

Moisés Diniz é membro da Academia Acreana de Letras ( AAL)
No final do século passado, uma violenta manifestação de fanatismo religioso provocou o assassinato de seis pessoas, inclusive duas crianças, e o espancamento coletivo dos moradores de Lavras, uma típica comunidade do interior da floresta amazônica, isolada nos confins do rio Tauari.
O ‘Santo de Deus’ não é um romance de ficção, mas uma narrativa real, com fatos que intrigam, instigam o leitor a ler mais, a saber mais sobre uma tragédia humana que ganhou dimensões inimagináveis.
Muitos membros da comunidade de Lavras foram dizimados para a expiação de pecados, à luz de preceitos bíblicos mal interpretados.
Em ‘O Santo de Deus’, com escrita forte e profunda cultura bíblica, Moisés Diniz revela os caminhos que levaram ao Massacre de Lavras. O respeito pela proximidade que acabou desenvolvendo com os personagens levou o autor a trocar-lhes os nomes por apelidos bíblicos.
Só isso. O mais é realidade, por mais fantástica que se afirme´
COMPRE AQUI 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *