Jordão: faz um mês que cartório do município não emite Certidão de Nascimento

Moradores de Jordão, no interior do Acre, cujo acesso só é possível via barco ou avião, pedem agilidade ao Tribunal de Justiça do Acre ( TJAC) para solucionar o problema da falta de emissão de Registro de Nascimento dos recém-nascido. 

Segundo denúncia, faz mais de um mês que a máquina que é utilizada para registrar os bebês que nascem no município parou de funcionar. Sem o registro de nascimento não é possível retirar outros documentos e tampouco fazer a inscrição nos programas sociais do governo federal”, diz a moradora  Carlinha Araújo, que está aguardando faz mais de mês para registrar o filho. 

O cartório da cidade não foi privatizado como a maioria dos cartórios do país, dessa forma , tudo depende da boa vontade do TJAC. Segundo Uelton, responsável pelo órgão, o tribunal já foi comunicado via ofício, mas até agora  nada foi solucionado. 

Por Leandro Matthaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *