Atlético-AC vira sobre o Remo no Acre e fica a um empate das semifinais

VIRADA E VANTAGEM

O Atlético-AC saiu na frente do Remo na briga pela vaga numa das semifinais da Copa Verde 2019. Jogando em casa, no estádio Florestão, em Rio Branco, capital do Acre, o Galo Carijó venceu o Leão por 2 a 1, de virada, e ficou a um empate da classificação. Os visitantes saíram na frente com Eduardo Ramos, aos 45 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Marquinhos, aos 14 minutos, e Geovani, aos 39, marcaram os gols que garantiram o triunfo acreano. O placar poderia ter sido com uma vantagem ainda mais ampla, mas a equipe mandante desperdiçou grandes oportunidades e se não perderem no jogo de volta estão garantidos na próxima fase.

JOGO DE VOLTA

As equipes voltam a se enfrentar no domingo (15), no estádio Baenão, em Belém (PA), às 15h (de Brasília).

PANORAMA

Com o resultado, o Atlético-AC joga por qualquer empate ou vitória para ir às semifinais. O Remo precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para se classificar sem a necessidade de pênaltis. Se vencer por um gol de diferença, independente do placar, o classificado será conhecido nas cobranças de penalidades

RIVAL NAS SEMIFINAIS

Quem se classificar vai enfrentar Bragantino-PA ou Paysandu na briga por um lugar na decisão.

PRIMEIRO TEMPO

Os 45 minutos iniciais foram intensos, com os donos da casa tendo as melhores oportunidades, mas falhando nas conclusões. O Remo começou a partida em ritmo lento e foi crescendo gradativamente no decorrer do jogo. O Atlético-AC teve duas grandes chances para ficar em vantagem quando o placar estava 0 a 0, mas Diego e Geovani desperdiçaram. E os erros pesaram. Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, o zagueiro Douglas falhou ao tentar cortar a bola na defesa do Atlético-AC e Eduardo Ramos não perdoou, aos 45 minutos, e finalizou forte para vencer o goleiro Ruan e fazer 1 a 0 para o Leão.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final o Atlético-AC seguiu dominando as ações e criando oportunidades. O Remo parecia satisfeito com a vantagem e pouco fazia para ampliá-la. Os donos da casa insistiram e na base da pressão conseguiram o empate. Polaco fez boa jogada e tocou para Marquinhos finalizar cruzado e deixar tudo igual aos 14 minutos. A partida pouco mudou após o gol. O Atlético-AC manteve o abafa, criava chances e o Remo não conseguia incomodar. Quando chegava era por bolas paradas e em lances em que o ataque estava em impedimento. Aos 37, Polaco por pouco não fez 2 a 1 para o Galo Carijó, mas a finalização de pé direito saiu por cima do travessão. Dois minutos depois, no entanto, o mesmo Polaco fez belo lançamento e Geovani aproveitou o vacilo do zagueiro Marcão e do goleiro Vinicius para se antecipar e tocar a bola para o fundo do gol. O gol fez o Remo tentar buscar o empate na base do abafa, sem eficiência. O Atlético-AC segurou o placar e garantiu a vantagem mínima para a partida de volta.

Por Globo Esporte Acre 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *