Tarauacá: pacientes questionam falta de atendimento médico na sala de hepatite e a retirada dos dentistas no período noturno do hospital Dr. Sansão Gomes; gestora contesta

Pacientes enviaram mensagem a redação do Portal Tarauacá reclamando da falta de atendimento médico no hospital Dr. Sansão Gomes, para o público detentor de  hepatites. Segundo eles, sob a nova gestão, a sala que funcionava  exclusivamente para o atendimento dos clientes do SUS acometidos com o vírus de hepatites, deixou de existir. 

Outra reclamação dos pacientes, é que a gestora Laura Pontes, após assumir o cargo retirou os odontólogos que ficavam sobre aviso 24 horas do dia. Ou seja, qualquer hora que um paciente necessitasse de atendimento os profissionais seriam acionados. Contudo, nessa nova eles cumprem apenas o plantão diurno e à noite ficam sem cobertura destes profissionais. 

Em nota enviado ao site, Laura Pontes contesta as reclamações dos clientes e explica os motivos pelos quais foi necessário fazer essa adequação. 

Com relação ao atendimento na sala de hepatites, a gestora disse que continua existindo, porém, o médico que atende nesse setor está de férias. E que a enfermeira que trabalhava auxiliando o médico foi necessário colocá-la  para as exercer as atividades na maternidade por falta de mão obra. 

Sobre os odontólogos , Laura disse  que fez apenas uma adequação. Pois antes, os profissionais não cumpriam escala, mas sim , ficavam de sobre aviso 24 horas. Contudo, em comum acordo com a Sesacre foi colocado eles para cumprirem suas escalas no período diurno. Deixando-os de sobre avisos. Caso necessário, serão chamados. 

Veja a nota ( SIC).

1. Sobre o atendimento odontológico, temos no hospital Dr Sansão Gomes três odontólogos, que em gestões anteriores, cumpriam toda a sua carga horária (30horas semanais)em regime de sobreaviso, ou seja, o profissional fica fora da Unidade e quando há necessidade este é chamado. Fizemos um reajuste na escala para melhor funcionamento do setor, e os profissionais ao invés de cumprirem sua carga horária em regime de sobreaviso, irão cumpri-la em plantões diurnos, isto significa que os profissionais permanecerão dentro da Unidade durante o seu plantão, facilitando assim o acesso a população e demandas que surgirem. Durante o período noturno, o setor irá funcionar em regime de sobreaviso emergencial (extra) caso haja alguma emergência. Dessa forma, o setor de odontologia fica 100% preenchido, para que não haja prejuízo no atendimento à população.
Vale ressaltar que esta modificação foi ajustada juntamente com o setor de assistência da SESACRE, portanto, está dentro dos padrões e da legalidade. Nosso objetivo é otimizar o setor e também
proporcionar melhor acesso a população de Tarauacá.

2) Sobre o setor de hepatites, este encontra-se ativo, porém o médico responsável, Dr Marlino Vitorino, pelo atendimento está gozando férias. A única modificação ocorrida foi em relação a realocação da servidora Alberlandia Cabral para o setor de enfermagem, haja vista a necessidade urgente de profissionais naquele setor. Os serviços desempenhados por esta servidora, serão repassados a outro profissional, e não haverá nenhum prejuízo no atendimento dos pacientes que necessitam.

Fica claro que em um primeiro momento, mudanças geram um certo desconforto, porém jamais agiremos por benefício próprio, nem deixaremos de cumprir o papel de servir a população conforme os princípios que regem o SUS. Nossa mudança na saúde está apenas começando, e com certeza a população Tarauacá será a prioridade em nossa Unidade.

Agradeço a oportunidade de esclarecer, e fico a disposição para quaisquer questionamentos que surgirem.

Laura Elisa Pontes Soares
Gerente Geral do Hospital Dr Sansão Gomes e Maternidade Ethel Muriel Geddis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *