Expoacre já movimentou mais de R$ 30 milhões em volume de negócios

Setores agroflorestal e de produção são os que mais movimentaram recursos dentro do Parque de Exposições. Empresário francês fecha na noite de hoje um volume de US$ 5,3 mil. Expectativa de negócios é de R$ 80 milhões

A secretaria de planejamento e o SEBRAE ainda não divulgaram os dados oficiais, a exemplo do que ocorreu em anos anteriores, somente após o evento será apresentado o balanço final da movimentação financeira durante as 9 noites de Expoacre.

Os dados conseguidos pela reportagem são exclusivos e envolvem dois setores: o agroflorestal e produção, ambos, além de movimentarem grande volume de recursos, atraem o maior número de visitantes. Os maiores eventos, incluindo palestras, exposição de animais, concursos de raças e competições, são puxados pelos setores.

Segundo a representante dos madeireiros, Adelaide de Fátima, o empresário francês Fabrice Eric Claude Jaquier, fecha uma movimentação de 5,3 mil dólares, o que corresponde a R$ 20,5 milhões em reais com cinco empresas do ramo. A última rodada de negociações ocorre na noite de hoje (31). Jaquier amplia durante a Expoacre ações já desenvolvidas com o setor madeireiro.

“A nova logística de funcionamento da exposição permite mais tempo para as rodadas de negócios e um maior volume de vendas. O empresário Jaquier está ampliando a exportação de madeiras no Acre” disse Fátima.

Na manhã de hoje, o superintendente do Banco do Brasil, Marcio Carioca, revelou o fechamento de investimentos pelo Plano Safra, de R$ 10 milhões envolvendo grandes e pequenos produtores rurais. A expectativa é de ampliar a partir desta quarta-feira (31) o volume de financiamentos.

Para o superintendente, a presença permanente de setores como a SEMA e o IMAC dentro do parque, com a regularização fundiária dos produtores através do cadastramento ambiental rural, é um diferencial que tem facilitado o fechamento de parcerias.

“Esses recursos já estão nas contas dos produtores que vieram ao parque e negociaram linhas de créditos com o Banco do Brasil” disse Marcio.

Os leilões da marca nelore, movimentam cerca de R$ 1 milhão por noite. Outro setor que demonstra otimismo é o de alimentação. O empresário Ari Palu Junior, da J. B Gril, disse que a ideia de funcionamento durante dia e noite é uma oportunidade a mais para faturamentos.

“Isso tem exigido um esforço muito grande, porque o empresário tem que se preparar para atender públicos distintos, mas por outro lado tem sido uma oportunidade de faturar um pouco a mais” disse Ari.

Show de Marília Mendonça vai atrair público recorde nesta quarta-feira

Para a noite de hoje é esperado o público recorde da feira, atraído, principalmente, pelo show da cantora Marília Mendonça. Os organizadores confirmaram a venda de 12 mil ingressos. A secretária de empreendedorismo e turismo, Eliane Sinhasique, estima que mais de 20 mil pessoas visitem o Parque de Exposições somente nesta quarta-feira.

De acordo a assessoria da segurança pública, as quatro noites de exposição são as mais tranquilas da história. Cerca de 180 homens fazem a segurança dentro do parque, estrategicamente orientados por sistema de monitoramento.

Por Ac24horas.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *