Deputados derrubam veto do projeto que cria o selo de qualidade do açaí e organiza cadeia produtiva

Após uma sucessão de erros da Casa Civil quanto ao projeto que trabalha a certificação do açaí aprovado na Assembleia Legislativa, os deputados estaduais resolveram derrubar o veto total da matéria, imposto pelo governador Gladson Cameli (PP).

De acordo com o autor da matéria, Jenilson Lopes (PCdoB), o governo se precipitou em vetar na íntegra a proposta sem analisar o alcance social e econômico da cadeia produtiva do açaí.

Ele destaca que o PL tem como objetivo organizar a produção do açaí no Acre e assim garantir mercado para o produto, agregando valor a ele, e permitindo um produto de qualidade para o consumidor.

“Eu achei importante essa reconsideração, dado que é um projeto que tem uma dimensão extraordinária e que busca valorizar um produto de alto ponetcial da nossa região. Achei prematuro o governo vetar esse projeto integralmente, sem se debruçar sobre a importância dele. Foi um veto às cegas, mas o importante que se refletiu e nós negociamos para que o projeto voltasse aqui pra Casa e fosse aprovado”, destacou.

Jenilson disse que os parlamentares mantiveram pontos do projeto vetado por entenderem que cabem ao Executivo as atribuições neles citados. Mas, resolveram derrubar a totalidade do veto compreendendo a importância da matéria para as comunidades tradicionais.

“O governo num primeiro momento vetou o projeto. E aí, após algumas conversas aqui se entendeu que o veto do governador não era justo e que se rediscutiu que o veto fosse mais pontual em algumas questões que de fato são atribuições do poder executivo”, disse o deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *