Sessão para a votação de empréstimo milionário é adiada na Câmara de Vereadores

O empréstimo que o prefeito Ilderlei Cordeiro quer fazer junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 15,5 milhões de reais para o asfaltamento de 100 km de asfalto na área urbana da cidade ainda não foi bem entendido entre os vereadores que apoiam administração municipal. O projeto vai ser colocado em votação durante sessão extraordinária na segunda feira (8), até lá haverá muita conversa de bastidores entre os parlamentares que na maioria ainda não entenderam bem o projeto.

O que todos sabem é que o valor é para ser investido em asfaltamento de ruas e drenagem, mas ainda existem dúvidas sobre a forma que todo esse dinheiro será gasto, se vai contemplar todos os bairros da cidade, quais os nomes das ruas que vão receber o asfalto, se vai ficar alguma rua sem ser asfaltada, se novas ruas vão ser abertas. Todas essas dúvidas ainda não foram bem entendidas pela maioria dos vereadores, até mesmo os da base do prefeito.

Para o vereador João Keleu (PDT), que é da base do prefeito, faltou dialogo por parte do executivo com os vereadores antes enviar o projeto para câmara municipal. “Sabemos que é um projeto bom para nossa cidade, mais um valor desse não podemos autorizar a prefeitura fazer um empréstimo sem saber detalhes de como vai ser gastos,” afirmou o vereador.

Os vereadores só receberam o projeto milionário nas vésperas da votação que estava prevista para acontecer nesta sexta-feira (5) e por conta de não saberem mais detalhes do projeto a sessão foi marcada para segunda (8).

O prefeito Ilderlei Cordeiro não foi encontrado para falar sobre o projeto, segundo assessoria ele está viajando.

Por Juruá Online 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *