Alô, Maracanã! Em noite de Gabriel Jesus, Brasil vence Argentina e volta à final da Copa América

ALÔ, MARACANÃ!

O Brasil retorna ao Maracanã depois de seis anos. A última vez da Seleção no maior palco do futebol brasileiro foi na final da Copa das Confederações de 2013, contra a Espanha, também o último título da Seleção. A decisão é às 17h, contra Chile ou Peru, que decidem a vaga nesta quarta-feira, em Porto Alegre. O time brasileiro tenta seu nono título da Copa América e retorna à decisão do torneio após 12 anos. A Argentina, por sua vez, disputa o terceiro lugar no sábado, às 16h, na Arena Corinthians. Veja tudo na tabela completa!

OS 90 MINUTOS

Foi um jogo equilibrado. Foi um jogo disputado, com 31 faltas, sete cartões amarelos e váris discussões em campo. Mas a eficiência brasileira fez a diferença. A Argentina terminou a partida com 13 finalizações contra quatro da Seleção. Messi fez sua melhor partida na Copa América, mas esbarrou na defesa brasileira. Alisson também contou com a sorte e viu sua trave ser acertada duas vezes.

Messi, Gabriel Jesus, Kun Aguero

O Brasil, mesmo com 22 passes errados no jogo, contou com grande noite de Daniel Alves e Gabriel Jesus para construir sua vitória. O camisa 9 abriu o placar aos 18 do primeiro tempo, após ótima jogada do lateral. E foi o autor de uma monumental arrancada no lance do segundo gol, aos 25 do segundo tempo, ao dar o gol para Firmino. Scaloni arriscou. Terminou com Dybala, Di María, Agüero, Messi e Lautaro em campo. Mas não conseguiu passar pela melhor defesa do campeonato.

 

XÔ, SECA!

Ele precisava ganhar confiança. E como ganhou. Gabriel Jesus não marcava em um jogo por competição oficial pela Seleção há 724 minutos. Ou nove jogos, mais os 18 minutos da partida desta terça. A última vez havia sido na rodada final das eliminatórias, em 2017. Mas o camisa 9 não só despachou o jejum, como viveu grande noite. Fez linda jogada com uma arrancada do meio-campo no gol de Firmino. Mas deixou o campo com dores. Veja mais detalhes!

Os gols de Brasil 2 x 0 Argentina pelas semifinais da Copa América 2019
Gabriel Jesus

Os gols de Brasil 2 x 0 Argentina pelas semifinais da Copa América 2019

E O MELHOR DO MUNDO?

Messi teve sua melhor atuação na Copa América. Mas não foi suficiente. Foi quem mais finalizou em todo o jogo, quatro vezes. Colobou a bola na trave. Recebeu quatro faltas, infernizou a vida de Casemiro, mas vai se despede do torneio com apenas um gol. E ainda na seca, sem conquistar um título pela seleção principal da Argentina.

Na trave! Messi domina e bate de esquerda para carimbar o poste de Alisson, aos 12 do 2º tempo

Na trave! Messi domina e bate de esquerda para carimbar o poste de Alisson, aos 12 do 2º tempo

VEM MAIS UMA MULTA?

Novamente, parte da torcida brasileira teve a lamentável atitude de fazer gritos homofóbicos durante o tiro de meta. Os gritos de “bicha” foram ouvidos no primeiro tempo, quando Armani chutava a bola. A CBF foi multada em R$ 57 mil nesta Copa América por reação semelhante, na estreia do Brasil, contra a Bolívia. E pode ser punida novamente. Veja mais detalhes.

Torcida entoa grito homofóbico e Galvão e Casagrande criticam atitude, aos 6 do 1º tempo

Torcida entoa grito homofóbico e Galvão e Casagrande criticam atitude, aos 6 do 1º tempo

FALTOU O VAR?

Os argentinos deixaram o jogo reclamando bastante da arbitragem. O principal motivo da revolta do rival brasileiro foi o lance do segundo gol. Os jogadores, o técnico Lionel Scaloni e a imprensa argentina criticaram a falta de revisão no vídeo de um possível pênalti antes do contra-ataque puxado por Gabriel Jesus, que deu origem ao gol de Firmino. Foyth, inclusive, alega que ouviu um apito e por isso parou no lance. Veja a reclamação de Messi!

Lupa do lance entre Daniel Alves e Agüero na origem do segundo gol do Brasil

Lupa do lance entre Daniel Alves e Agüero na origem do segundo gol do Brasil

NEYMAR NA TORCIDA!

Assim como nas quartas de final, contra o Paraguai, Neymar esteve no Mineirão e vibrou com a classificação do Brasil. Ele, e vários amigos, acompanharam a partida das tribunas do estádio. Antes do início do jogo, o atacante, que se recupera de lesão no tornozelo, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro. Confira!

Confira a vibração de Neymar e Presidente Bolsonaro após o gol do Brasil na partida

Confira a vibração de Neymar e Presidente Bolsonaro após o gol do Brasil na partida

NÃO PASSA NADA!

O Brasil chega à decisão sem sofrer gols e pode ser campeão com a defesa invicta! E mais: a Seleção não sofre gols há sete jogos e pode completar o oitavo na decisão, uma marca histórica para a equipe. Foi o 41º jogo de Tite à frente do Brasil, o 32º sem sofrer gols. A equipe brasileira só foi vazada 10 vezes sob o comando do treinador.

Alisson Brasil Argentina

Alisson Brasil Argentina (Foto: Paulo Fonseca/EFE)

 

AS NOTAS DO BRASIL NO JOGO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *