Tarauacá: Despetizar ficou no discurso. Mais um (ex) petista ganha cargo de 4 mil reais no governo de Gladson Cameli

Aquela história de despetizar (neologismo criado pelos apoiadores do atual governador) o Acre ficou apenas no discurso da nova gestão, embora os seus apoiadores torcessem para que isso fosse realidade, pois dessa forma seriam contemplados com as nomeações. Haja vista que petistas e ex-aliados da FPA já abocanharam vários cargos, muitos com salários de dar inveja nos seguidores do chefe do Palácio Rio Branco.  

Dizem os apoiadores do governador, em especial, os que ficaram só com as lembranças das mãos empunhadas com a bandeira do 11. Que para conseguir uma nomeação de preferência uma CEC com valores acima de 4 mil reais, basta mostrar uma carta que já foi filiado ao Partido dos Trabalhadores, mais um exemplo desses, é do professor Gilberto Furtado, do município de Tarauacá, que foi contemplado com um cargo de 4 mil reais na Secretaria de Estado de Educação, valor corresponde a uma CEC-4.

Em 2016, Gilberto Aires Furtado foi candidato a vereador pelo PT, tendo saído das urnas com 140 votos. Talvez, seja esse um dos motivos de sua nomeação no núcleo de Educação local. Deixando muitos dos apoiadores do governador na época de campanha boquiaberto. Gilberto não foi apenas um mero candidato pelo PT, contudo, era um dos líderes da juventude local da legenda, principalmente na gestão de Rodrigo Damasceno, que também deixou o partido.

Por Leandro Matthaus – [email protected]

Portal Tarauacá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *