Dê Dias solicita investigação da PM no rio Tarauacá para coibir crimes contra barqueiros que trafegam de Jordão a Tarauacá

Na sessão de terça-feira (05), o vereador Dê Dias (PCdoB) apresentou cinco proposições que são inerentes ao cargo do legislador, duas delas direcionada ao comando da Polícia Militar em Jordão. Na primeira indicação, Dias pede que a PM realize blitz no Bairro Novo, alegando que muitas pessoas estão consumindo bebida alcoólica e, posteriormente, sai dirigindo sob o efeito de álcool e pondo a vida de outras pessoas em risco.

Vereador Dê Dias (PCdoB).

Em outro requerimento direcionado a PM, o parlamentar pede que a corporação realize uma investigação no rio Tarauacá, local por onde é transportado quase que 100% das mercadorias que chegam aos jordanenses, para coibir crimes contra os navegadores. Segundo Dias, há relatos de vários assaltos contra comerciantes jordanenses e outros navegadores. “Temos apenas dois meios de transporte: aéreo e fluvial- sendo este o mais barato, contudo, com estes crimes a população se sente insegura e desprotegida”, afirma o parlamentar.

Revogação da lei que baixou ISS

O vereador também apresentou um pedido de informação ao executivo, na qual pergunta se é possível revogar a lei do ISS que reduziu a cobrança de 5% para 2%. O pedido que também foi assinado por Roberto Rodrigues, seu colega de partido, traz o argumento de que o objetivo da redução seria a contração de mão local cada vez maior por parte das empresas, o que não vem acontecendo.

Escolas Indígenas

Também na sessão de terça-feira, o comunista pediu que a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto providencie a construção de banheiros e trapiches paras a escolas indígenas nas aldeias Verde Floresta, Nova Aliança, Astro Luminoso e Sacado.

Por Leandro Matthaus

Foto: Andreia Silva/ Assessoria Câmara  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *