Em provável despedida, Hazard dá show, Chelsea goleia Arsenal e é campeão invicto da Liga Europa

Resumão

“Eu acho que foi uma despedida”. E que despedida. Depois de marcar dois gols, dar uma assistência e ser o dono da goleada por 4 a 1 do Chelsea em cima do Arsenal, Eden Hazard admitiu que deve deixar os Blues. Com a missão cumprida. Na final londrina cercada de polêmicas em Baku, no Azerbaijão, o belga provou por que é um dos melhores do mundo. E ajudou o time de Maurizio Sarri a conquistar o título invicto da Liga Europa, o segundo para a equipe do Oeste de Londres.

BAILE AZUL NO SEGUNDO TEMPO

Tudo aconteceu na segunda etapa. Mas, especialmente para o Arsenal, poderia também ter acontecido na primeira. Os Gunners foram superiores no início do jogo. Na volta do intervalo, tudo mudou. Primeiro com a cabeçada certeira de Giroud, nos primeiros minutos. Pouco depois com Pedro, em boa finalização dentro da área. E encaminhou para o título azul com Hazard, de pênalti, ainda aos 19 minutos. Iwobi, que entrou na segunda etapa, diminuiu em um golaço de fora da área, à la Pavard pela França contra a Argentina. Mas Eden Hazard queria selar sua despedida do Chelsea com classe. Fechou a goleada em linda jogada com Giroud e fez o quarto: 4 a 1.

Girdou comemora timidamente após marcar contra ex-clube

Girdou comemora timidamente após marcar contra ex-clube (Foto: Phil Noble/Reuters)

DESPEDIDA PERFEITA

A caminho do Real Madrid, Hazard se despede do Chelsea em sua temporada mais artilheira pelos Blues. Com os dois gols da final, o belga encerra 2018/19 com 21 gols em 52 partidas, melhor do que os 19 em 2014/15. Ele dá adeus aos Blues com 110 gols em 352 jogos e seis títulos: duas edições da Liga Europa, duas Premier Leagues, uma Copa da Inglaterra e uma Copa da Liga Inglesa.

Hazard é campeão da Liga Europa com o Chelsea

Hazard é campeão da Liga Europa com o Chelsea (Foto: Maxim Shemetov/Reuters)

DESPEDIDA AMARGA

Petr Cech reencontrou o clube onde se mostrou para o mundo como um dos maiores goleiros do século e poderia dar o primeiro título continental relevante para o Arsenal. Ele tentou. O theco fez pelo menos quatro defesas inacreditáveis. Evitou uma goleada maior do Chelsea. Agora, aposentado, deve assumir um cargo na diretoria dos Blues.

Após grande atuação em sua última partida na carreira, Cech mostra decepção com vice

Após grande atuação em sua última partida na carreira, Cech mostra decepção com vice (Foto: REUTERS/Amr Abdallah Dalsh)

BICAMPEÃO INVICTO

O Chelsea conquista o bicampeonato da Liga Europa com uma campanha de 12 vitórias e três empates. Havia sido campeão em 2013 e se junta a outras sete equipes que também levantaram o troféu duas vezes. O Liverpool, tricampeão, é o maior vencedor inglês do torneio. O Sevilla, cinco vezes campeão, está no topo da lista na competição.

Ver imagem no Twitter

TRICAMPEÃO!

David Luiz é um dos únicos do elenco campeão do Chelsea presentes nas três conquistas europeias: a Liga dos Campeões em 2011/12, e a Liga Europa em 2012/13 e na atual temporada. Além dele, apenas Cahill esteve em todas as campanhas. O brasileiro coroa um ótimo ano no time azul. Foi titular absoluto no time de Maurizio Sarri. Fez 50 jogos, dos quais 47 desde o início, e marcoutrês gols.

David Luiz comemora mais uma Liga Europa pelo Chelsea

David Luiz comemora mais uma Liga Europa pelo Chelsea (Foto: Phil Noble/Reuters)

GOL NA FINAL? É COM ELE!

Pedro é o primeiro jogador da história a marcar em uma final de Liga dos Campeões e uma decisão de Liga Europa. E mais. Ele também deixou sua marca na Supercopa da Europa e também na final do Mundial de Clubes de 2009. Pouco decisivo…

Pedro com mais uma taça no currículo

Pedro com mais uma taça no currículo (Foto: Phil Noble/Reuters)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *