Júnior da Paris Dakar disputará a sucessão de Marilete Vitorino com o aval de Bestene e Gladson Cameli

O empresário tarauacaense Júnior Damasceno, dono da Paris Dakar, que disputou a eleição para a Câmara Federal em 2018, tem o aval do governador Gladson Cameli e do presidente regional do Progressistas, deputado estadual José Bestene, para disputar a sucessão de Marilete pelo partido.

Em reunião com o presidente da sigla em Rio Branco, na semana passada, Júnior foi convidado por Bestene a levar novamente o 11 as urnas no pleito de 2020.

A última vez que o partido do governador esteve presente na disputa majoritária foi com o ex-prefeito Vando Torquato em 2008, tendo sido vitorioso, mas em 2010 perdeu o cargo pela conquista de votos de forma ilícita ainda no pleito de 2004.

Júnior, além de contar com o apoio da direção regional, tem a cúpula municipal ao seu lado.

Na disputa por uma vaga na Câmara federal, ele obteve 4.762 votos.

Por Leandro Matthaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *