domingo, julho 12, 2020

Jenilson Leite recebe povo Huni Kui no plenário da ALEAC

O deputado Jenilson Leite ( PCdoB), presidente em exercício da ALEAC, recebeu no plenário da Casa os povos Huni Kui ( Kaxinawa na língua portuguesa). Os indígenas da etnia estão na capital do Estado para participar da IV conferência dos povos Huni Kui do Acre.

Jenilson Leite cumprimentando os líderes indígenas no plenário da ALEAC . Foto : Jardy Lopes

Os indígenas cobram do governo mais investimentos na educação, saúde, meio ambiente e cultura.

Huni Kui no plenário da Casa . Foto: Jardy Lopes

Antes de ser recebido em plenário, os indígenas realizaram uma manifestação na frente da Assembleia Legislativa. No ato, ele pediam a presença do governador Gladson Cameli para que possa conhecer e ouvir a voz da população que vive isolada nas aldeias e esquecida das políticas públicas.

Cacique ouvindo os parlamentares discursar. Foto: Jardy Lopes

Eles também cobram a indicação de um assessor dos povos indígenas. Que é o principal elo dos povos indígenas com o poder executivo estadual.

Deputado e líder indígena . Foto: Jardy Lopes

O povo Huni Kui está presentes nas cinco regiões do Acre, divididos em 12 terras indígenas. Eles representam a maior população indígena no tocante as etnias.

A caminhada dos Huni Kui é uma demostração de força e resistência na luta contra o retrocesso no estado e no país, principalmente com a possibilidade da perca de autonomia dos seus territórios. “A morosidade do governo do Estado com relação a execução das políticas públicas, além da extinção da assessoria indígena, requer do nosso povos uma demonstração de resistência e repúdio contra tudo isso”, disse Zezinho Kaxinawa.

Os indígenas pediram que o legislativo dê o suporte necessário para que eles possam enfrentar os desafios nebulosos que se avizinha. “Pedimos o apoio dos parlamentares para que seja executado as políticas públicas tão prometidas em época de campanha. E que é necessário para que possamos viver dignamente nas aldeias”, salientou Zezinho.

Jenilson Leite tem sido uma das vozes do parlamento a favor dos indígenas. Tendo apresentado projetos de lei e indicações que contempla a população indígena, por exemplo, a reforma de escolas, a implantação de água potável nas aldeias e a realização de ações de saúde para este povo.

Ninawa, presidente da Federação dos Povos Indígenas Huni Kui, agradeceu o espaço dado a eles na Casa do povo. Na qual, pode destacar a contribuição dessa população na economia, na cultura e na preservação do meio ambiente do Estado do Acre. “Durante esses dias estamos discutindo temas que serão de grande importância para o nosso povo. O primeiro deles é a representação do nosso povo para que a instituições saibam quem representa os Huni Kui. Além do fortalecimento cultural e o respeito as práticas culturais de nossa gente”, frisou.

Também fizeram parte da mesa que recebeu o povo indígenas os deputados Edvaldo Magalhães ( PCdoB), Neném Almeida ( Solidariedade), Antônia Sales ( MDB), Marcus Cavalcante ( PTB) e Daniel Zen ( PT).

Jenilson Leite defende políticas públicas para os Huni Kui. Foto: Jardy Lopes

Na sua fala, o deputado Jenilson Leite frisou que é necessário que o governo garanta pelo menos o mínino de auxílio financeiro aos povos indígenas. Segundo Leite, mesmo sem apoio do Estado , a população indígena através da realização de festivais consegue atrair centenas de turistas e recursos também para o Acre. O parlamentar ainda pediu o apoio da deputada Antônia Sales e Marcus Cavalcante para fazer este diálogo junto ao executivo. ” Quero ressaltar meu apoio aos povos indígenas e pedir que o governador tenha esse cuidado com essa gente. É preciso que invista no turismo, na saúde dessas pessoas. Não podemos esquecer dos nossos irmãos que vivem nas aldeias. Conte comigo nessa luta”. 

Por Leandro Matthaus

Fotos: Jardy Lopes

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Coluna Diva: Lenilda Farias, a exuberância da mulher da terra do abacaxi

Confesso que estava morrendo de saudades de escrever sobre as belas mulheres e descrever a perfeição das curvas de seus corpos e, claro, falar...