Jordão: PL de Roberto Rodrigues contempla primeiro laboratório de análises clínicas do município com doação de terreno; Deodato Maia cobra o envio de material para o funcionamento das escolas indígenas, e Guedes cobra agilidade no envio do PCCR da educação à Câmara

O vereador Roberto Rodrigues (PCdoB) apresentou um Projeto de Lei que dispõe sobre a doação de um terreno para a construção da sede do Biovale, primeiro e único laboratório de análises clínicas a ser implantado no município.

Roberto Rodrigues

Há mais de um ano o Biovale contribui com a saúde do município. Sendo a única empresa desse ramo que teve coragem de investir na cidade. Mesmo pertencendo a iniciativa privada, muitos clientes sem condições financeiras são atendidos gratuitamente.

Rodrigues ponderou que o Biovale está há mais de um ano no município ofertando exames que antes não era possível realizar sem se deslocar para outros municípios. Além disso, os moradores locais, na grande maioria, não dispõem de recursos para custear viagem para outras cidades, ficando na dependência do TFD, cuja demora é imensurável. E, o terreno para construção de uma sede própria contribuirá com permanência da empresa na cidade.

Deodato Maia

Deodato Maia

O vereador do PDT fez três indicações ao executivo. A primeira solicita a manutenção da rede de iluminação pública do bairro Kaxinawá. Segundo o vereador, há cinco meses os moradores estão na escuridão. Na segunda indicação, o parlamentar cobrou o conserto da bomba de água na aldeia Nova Cachoeira. Na última indicação, o pedetista solicitou que a Secretaria de Educação providencie o envio de material para o funcionamento das escolas indígenas. “Falta material básicos para fazer merenda. Sem isso, a maioria das escolas estão sem funcionar”, afirmou Maia.

Guedes Oliveira

Vereador Guedes Oliveira

Mais uma vez o vereador Guedes Oliveira pediu urgência no envio do PCCR da educação. Além de fazer um discurso cobrando o executivo pela demora e respostas nos requerimentos, Guedes apresentou um novo pedindo solicitando urgência no envio no Plano de Cargo, Carreira e Remuneração.

Por Leandro Matthaus

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *