Gladson recebe apoio do governo federal para transformar o Acre em um estado piloto na transformação social

Texto e Fotos: David Casseb 

A ministra colocou à disposição do governador Gladson Cameli todos os programas sociais para melhoria da qualidade de vida da população, principalmente dos jovens

O governador Gladson Cameli recebeu apoio do governo federal para transformar o Acre em um estado piloto na transformação social. Essa foi a ideia proposta pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, nesta quarta-feira, 17, em Brasília.

O governador estava acompanhado das deputadas federais Jéssica Sales e Vanda Milani. Cameli escutou as principais propostas do Ministério para adoção de políticas de reestruturação social.

Damares enumerou vários programas a serem colocados em prática, entre eles, a criação de pólos de informática voltados para as mulheres e para a terceira idade, como forma de inserção social.

Programa Vira-Vida

Outro ponto ressaltado por Damares e acatado prontamente pelo governador foi a elaboração de pautas de empreendedorismo com a juventude, por meio da Secretaria Nacional da Juventude. Nesse aspecto, a ministra pediu o apoio de Cameli para que busque parcerias com a iniciativa privada e com o Sistema S, meios de implantar o programa Vira-Vida.

O programa visa promover cursos para jovens que já tenham cometido infrações e que queiram mudar de vida. O curso dura 18 meses e, ao final, dependendo do aproveitamento do aluno, a instituição cria meios de financiamento de projetos comerciais.

Gladson Cameli afirmou à ministra que a parceria com o Ministério é uma via de mão dupla, e que não quer somente pedir apoio. “Queremos ser colocados à prova. Trace metas dentro dos programas que nos proporcionarem, que daremos conta do recado mostrando resultados”, frisou.

Ao final da reunião, o governador anunciou à ministra, que será implantada nos próximos dias, com a nova reforma administrativa, a Secretaria Estadual da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *