Tarauacá: Depois de dois anos vereadores descobriu que a cidade não tem governante

- Publicidade -

Eleito ao lado de Marilete Vitorino (PSD), colega de partido e ex- líder dela na Câmara, o vereador Diógenes Leão (Dólar) anunciou nesta semana o rompimento com a gestora. Em discurso, o ex-aliado disse que não era coveiro para segurar caixão, uma referência a gestão da governante que a cada dia vê a cidade simplesmente destruída e também sua popularidade- se teve  alguma nesta segunda passagem à frente da Prefeitura.

Depois de deixar o governo, Dólar descobriu que a gestão é ruim e a cidade está destruída literalmente. A atitude do legislador de abandonar o barco naufragando não causa estranheza, haja vista que o homem tem em si o instinto de sobrevivência. Não seria diferente com um “homem político”.  

Contudo, o que a população não entende por que somente agora o parlamentar conseguiu enxergar. Uma vez que desde os primeiros meses de gestão a situação era a mesma.

- Publicidade -

Após o discurso duro contra a gestora no púlpito da Câmara, Dólar voltou sua artilharia contra a colega de partido e ex-aliada pelas redes sociais. Usando as hashtag #governosemcompromisso #Mariletenuncamais.

A coerência na política nunca foi regra, tampouco lei. Quem conhece Tarauacá sabe muito bem disso.

Por Leandro Matthaus

Related Articles