Jordão: Câmara aprova a concessão de bolsa para os alunos do Parfor

Na sessão ordinária de terça-feira (12), os vereadores de Jordão aprovaram o Projeto de Lei nº 038/2019 que autoriza o poder executivo pagar uma bolsa no valor de 300 reais aos acadêmicos do município, do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). O valor é uma ajuda de custo as pessoas de baixa renda que estudam no programa e como as aulas são no período integral é preciso que tenha a contrapartida da Prefeitura.

O Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) é uma ação da Capes que visa induzir e fomentar a oferta de educação superior, gratuita e de qualidade, para profissionais do magistério que estejam no exercício da docência na rede pública de educação básica e que não possuem a formação específica na área em que atuam em sala de aula. O curso será ministrado pela Universidade Federal do Acre.

Ainda na sessão, os parlamentares aprovaram a abertura de crédito adicional para a Secretaria Municipal de Cultura e Desporto.

Os vereadores também apresentaram sete indicações ao poder executivo. São quatro de autoria do vereador Marcelo Mendonça  (PP), duas do vereador Dê Dias (PCdoB) e uma do Rosaldo Saraiva (PT).

Marcelo solicitou a troca de telha da agência do INSS, tampa para o bueiro principal da cidade na rua Pompilio Maia, implantação de refletor no Bairro Novo e a construção de uma garagem  para guardar a unidade móvel odontológica.

Já o Dê Dias pediu a construção de dois quebra mola na rua Romildo Magalhães e a construção de uma latada com banco na unidade de saúde Antônio Rodrigues Dourados e ainda que amplie o número de ficha de atendimento de 15 para 18, sendo que estas três sejam destinadas para o atendimento  prioritário e idosos da zona rural. A última indicação é do petista Rosaldo Saraiva que indicou ao executivo a implantação de um tubo para escoar a água procedente da chuva na rua Arnaldo Gomes, próximo a garagem da prefeitura.

Todos os nove vereadores estavam presentes na sessão.

Por Leandro Matthaus 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *