“Temos que valorizar muito o resultado das eleições de 2018”, diz Edvaldo Magalhães na conferência extraordinária do PCdoB em Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul o líder do PCdoB na ALEAC e fundador da sigla no Estado, Edvaldo Magalhães, participou da última conferência extraordinária da legenda nos municípios acreanos. O encontro partidário realizado no auditório do Crie finaliza a agenda do comitê estadual comunista com a militância nas cidades do Acre.

As conferências tem por objetivo discutir o resultado das eleições de 2018 no âmbito nacional e estadual, além da escolha dos delegados que vão participar da conferência em Rio Branco e, posteriormente em Brasília.

Outro ponto do debate com a militância do 65 foi sobre o acolhimento da militância do PPL que se uniu ao PCdoB para romper a cláusula de barreira.

Membro do diretório nacional do PCdoB, Edvaldo Magalhães disse que o partido vai construir um novo ciclo na história política do Acre. O parlamentar falou que o partido jamais vai se abraçar com a direita conservadora, e que a eleição nacional foi uma derrota para as forças democráticas.

Magalhães também pontuou que ninguém pode querer que um governo com 60 dias de governo apresente resultados, mas isso não impede que tenhamos uma lupa para ver as ações do atual governante. 

O evento contou com a participação do dirigentes do PCdoB de Rodrigues Alves- Therezinha Fernandes , de Mâncio Lima – o vereador Luiz Benvindo, e de Porto Walter Zezinho Gadelha. O evento também teve a participação do presidente da Cooperativa do Polo Moveleiro- João Evangelista.

O deputado destacou que o mandato da Perpétua Almeida conquistado nas urnas em 2018 servirá para lutar contra as atrocidades que se aproxima com a proposta da nova Previdência Social. ” O mandato dela será a voz do trabalhador rural contra tudo aquilo que não for bom para o povo”, enfatiza Magalhães.

A plateia ficou lotada dos militantes do aguerrido PCdoB.

Por Leandro Matthaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *