Luta do deputado Edvaldo Magalhães na Aleac garante pagamento de gratificação dos funcionários do Depasa

Após requerimento proposto pelo deputado estadual Edvaldo Magalhães, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), governo do Estado volta atrás e paga gratificação aos trabalhadores em saneamento do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa). A ação de retirada da gratificação era ilegal, pois fere uma lei estadual aprovada na Aleac. 

Conforme explica Magalhães, em janeiro, foi tomada uma decisão arbitrária de retirar essa gratificação dos trabalhadores da área do saneamento do Depasa, são aquelas pessoas que trabalham na operação e na manutenção do sistema. “Isso foi conquista da nossa gestão à frente do Depasa, uma lei aprovada na Assembleia garantindo a gratificação aos trabalhadores do saneamento. Isso foi retirado sem nenhuma explicação”, explica. 

“Eles pagaram, retroativo, como manda a lei”, afirma o deputado, pontuando que esta é uma vitória tanto de seu mandato como dos trabalhadores, e uma ação de bom senso da Secretaria de Gestão do Estado, que havia cometido um ato ilegal, no mínimo desavisada. 

Governo enrolado

Este ato, mais uma vez, mostra como o governo de Gladson Cameli está desorientado neste início de mandato. Por diversas vezes realiza atos e em seguida precisa voltar atrás, pois não dialoga com a classe ou simplesmente busca apagar qualquer rastro dos governos passados. 

Vale relembrar que, por causa da imprudência em acabar com o Instituto Dom Moacyr, diversos professores e funcionários estão com salários atrasados e alunos estão sem receber a bolsa, recursos provenientes do governo Federal pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). 

Há ainda o carnaval do governo do Estado em Rio Branco, que não poderá ser realizado porque os gestores não dialogaram com a prefeitura municipal para o entendimento acerca do lugar adequado.

Por Juruá em Tempo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *