Para custear faculdade de pedagogia, taraucaense trabalhou fazendo unhas e vendendo adesivos

A taraucaense Andreia Silfer, de 30 anos,  realizou o sonho de concluir um curso superior semelhante a milhões de brasileiros que também almeja este feito. Contudo, para lograr êxito ela teve que fazer unhas e vender adesivos que embelezam as unhas de dezenas de conterrâneas. 

Andreia conta que quando iniciou o curso  trabalhava como secretária na casa de Nazaré,  que presta serviço social no bairro da Praia, em Tarauacá, na época sob os cuidados da irmã Nelda. ” Quando comecei a fazer o curso de Pedagogia na Unopar, eu trabalha como secretária na Casa de Nazaré da irmã Nelda,  mas devido algumas mudanças, dentre a falta de apoio do governo com a Casa de Nazaré,  eu fui  demitida. A partir daí comecei a trabalhar como manicure e vender adesivos, pois precisava continuar estudando”, conta. 

Andreia se formou em 2018, mas somente agora o fotógrafo disponibilizou as fotos. 

Na sua página na rede social, ela fez um agradecimento especial ao marido Poty e também sua mãe que contribuíram para o seu sucesso na faculdade, auxiliando a pagar as mensalidades. “Esse dia não tem palavras que possam transmitir a sensação..
Quando comecei minha faculdade, eu tinha meu emprego, mas como na vida tudo tem um começo meio e fim, fiquei desempregada, foi quando eu voltei a fazer unhas e adesivos, para me manter e pagar meus estudos, com muita dificuldade consegui vencer essa batalha na minha vida.
E quero dedicar essa conquista a duas pessoas que sem elas eu nao teria chegado ate aqui, MEU VEI POTY E MINHA RAINHA MINHA MÃE, eles que me ajudaram a pagar, eles que me deram forças pra lutar e nao desistir, eles que sempre acreditaram em min..
Agradeço muito à Deus pq sem Ele eu nao sou nada..
#gratidão (SIC)”. 

Segundo a nova pedagoga, este ano está trabalhando como atendente no Departamento Estadual de Trânsito, todavia, continua o trabalho de manicure. Ainda em 2018, já com o diploma na mao, ela conseguiu atuar como professora da rede pública municipal. 

Por Leandro Matthaus

Foto: Adailton Mascarenhas ( cedidas ). 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *