TARAUACÁ: Prefeita Marilete diz sofre pressão da família para renunciar

No discurso de despedida da presidência da AMAC, na tarde da ultima sexta-feira(14), a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD), revelou que vem sendo pressionada para renunciar o mandato. Vitorino falava da honra por ter presidido a entidade e no meio de sua fala disse que pode renunciar ao mandato de prefeita a qualquer momento.
Ela porém, amenizou a situação ao revelar que a pressão que vem sofrendo é de dentro de sua família.
” Minha família nem queria que eu me candidatasse. Mas me tornei prefeita e venho sendo pressionada para que renuncie. A maior pressão é da minha filha, que mora em Sao Paulo e teve bebê recentemente. Ela me quer por perto e faz seguidos apelos para que eu me afaste da vida publica”, disse Marilete.
Mas alem da pressão familiar, Marilete vem enfrentando um período nebuloso em sua gestão. Com baixo índice de aprovação popular, ela patina na tentativa de engrenar sua gestão.
Vereadores querem destitui-la do cargo e exigem dela uma posição. Marilete vem resistindo duramente aos ataques dos opositores que se alia á pressão doa familiares.
Ela garantiu contudo que vai exercer o mandato até o fim e só então se voltar integralmente para a família.
Fonte: Jornal A tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *